Agricultores amargam prejuízos causados pela geada em Itapeva, SP

Publicado em 12/07/2011 07:47 517 exibições
Em uma fazenda em Itapeva, sudoeste de São Paulo, a lavoura do milho safrinha deveria estar verde, mas a geada queimou as folhas e acabou prejudicando a qualidade dos grãos.

Luis Carlos Pinto, administrador da fazenda, não gosta nem de olhar. Há três anos não enfrentava uma geada tão forte. Dos 407 hectares, mais de ¼ foi afetado, prejuízo estimado, por enquanto, em R$ 100 mil.

Em outra fazenda, o estrago foi ainda maior porque o milho estava em fase de enchimento de grãos e a geada interrompeu o processo. Os grãos murcharam e não vão se desenvolver mais.

O produtor Augusto César de Magalhães, incentivado pelos bons preços do grão, dobrou a área plantada este ano em relação à safra anterior, mas a geada destruiu toda a lavoura. Dos 36 hectares, nada vai ser aproveitado. “O prejuízo foi de 100%, agora é trabalhar e tentar recuperar”, conta desanimado.

Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário