Semeadura do milho abrange 60% da área no RS

Publicado em 21/10/2011 06:57 429 exibições
O plantio do milho atingiu esta semana 60% dos 1.154.870 hectares previstos para a safra 2011/2012 no Rio Grande do Sul, segundo dados da Emater/RS-Ascar. Isto representa um adiantamento de cinco pontos percentuais em relação aos anos anteriores. O número positivo é puxado especialmente pelas regiões administrativas de Passo Fundo (Planalto), onde o percentual atinge expressivos 90%, e Ijuí, que compreende o Alto Jacuí e Noroeste Colonial, onde a semeadura chega a 79% da área total prevista para esta safra.

Nas Missões, o cenário é semelhante, sendo que o desenvolvimento vegetativo das lavouras é considerado “muito bom” pelos técnicos, devido às boas condições meteorológicas registradas dos últimos 15 dias, com chuvas regulares e dias ensolarados. O cenário, entretanto, é distinto na comparação entre as diversas regiões. Na Serra, por exemplo, o plantio ocorre de forma mais lenta. Dentre os principais fatores responsáveis por esse quadro, destacam-se as condições do solo inadequadas, como umidade excessiva e baixa temperatura em determinados momentos.

De maneira semelhante, o plantio do feijão alcançou esta semana 62% da área prevista, apresentando as primeiras lavouras em início de floração. As condições meteorológicas do período vêm possibilitando o andamento normal da semeadura. Apesar da ausência de chuvas na última semana, a umidade ainda existente no solo propicia a germinação e o desenvolvimento inicial das plantulas.

Já o plantio do arroz segue em ritmo mais lento que em anos anteriores, chegando nesta semana a 17% da área total projetada para este ano. Se comparada com períodos anteriores, o atraso chega a três pontos em relação à média quinquenal e a expressivos 12 pontos em relação ao ano anterior. Na Campanha e na Fronteira Oeste, tradicionais regiões produtoras, alguns municípios conseguem avançar com um pouco mais de intensidade. É o caso de Uruguaiana, onde cerca de 55.000 ha, de um total projetado de 80 mil hectares, já foram semeados, o que representa 68% da intenção de plantio daquele município. A situação é semelhante à do município de São Borja, que alcança 18 mil ha.

A cultura da cevada encontra-se predominantemente nas fases de enchimento dos grãos e maturação, com as primeiras áreas começando a ficar prontas para serem colhidas. Algumas lavouras apresentam bom potencial, podendo alcançar produtividades superiores a 3.000 kg/ha, de boa qualidade industrial.

Os dias ensolarados proporcionaram uma retomada na colheita do trigo, que chegou a 10% de área colhida. Algumas áreas do Estado atingem percentuais maiores, como a de Celeiro, onde chega a 30% do total plantado no entorno, com rendimentos variando entre 2.100 kg/ha e 2.700 kg/ha. Nas Missões (Santa Rosa), as lavouras de modo geral apresentam bom aspecto, entrando na maturação final, sendo que nesta semana a colheita avançou devido aos dias ensolarados, com produtividade dentro da média esperada (2.300 kg/ha), com casos pontuais chegando a 2.700 kg/ha.

Tags:
Fonte:
Emater - RS

0 comentário