Milho: Mato Grosso se destaca na produção de pipoca

Publicado em 08/11/2011 08:17 337 exibições
NO ESCURINHO DO CINEMA: A pipoca, tão consumida em todo o país, tem grande parte da sua produção concentrada em Mato Grosso, aproximadamente 13 mil hectares, segundo Conab, com a maior área na região oeste, tendo Campo Novo do Parecis se destacado nesse mercado, com 6 mil hectares. A cultura é mais exigente, tanto em tratos culturais, quanto em aplicação de insumos, mas tem como vantagem a grande liquidez que apresenta no mercado e o valor agregado, pois é vendido em um nicho de comercialização específico. Na safra 2010/11 os preços oferecidos se mantiveram em torno de R$ 30,00 a saca e, para a safra 11/12, em alguns momentos os valores chegaram a R$ 32,00 a saca, que, quando comparados à média dos maiores praticados na safra passada, são 50% superiores, o que explica a atratividade do setor. Todos esses pontos positivos são contrapostos pela restrição da produção, pois somente os produtores parceiros produzem para a maior empresa produtora, que exige padrão de qualidade. Por isso a responsabilidade de abastecimento nacional do principal acompanhamento do cinema, em grande parte, depende dos cuidados dos produtores mato-grossenses.

Clique aqui e confira a análise na íntegra.

Tags:
Fonte:
Imea

0 comentário