Vale tem queda de 20% em vendas de minério e pelotas no 1° tri; produção de minério cai 11%

Publicado em 08/05/2019 10:14
20 exibições

LOGO REUTERS

Por Marta Nogueira

RIO DE JANEIRO (Reuters) - As vendas de minério de ferro e pelotas da Vale caíram 20 por cento no primeiro trimestre ante mesmo período de 2018, enquanto a produção de minério de ferro recuou 11 por cento na comparação anual, em meio a paradas de produção após o desastre de Brumadinho (MG), disse a mineradora nesta quarta-feira.

O volume de vendas de minério e pelotas atingiu 67,7 milhões de toneladas entre janeiro e março, queda de 30 por cento na comparação com o quarto trimestre de 2018.

Além do impacto do rompimento de barragem, o recuo teve a contribuição de fortes chuvas no Sistema Norte, além de novos procedimentos de gerenciamento de estoque nos portos chineses.

Já a produção de minério de ferro atingiu 72,87 milhões de toneladas, recuo de 11 por cento na comparação anual e de 27,8 por cento frente ao último trimestre de 2018.

A maior produtora global de minério de ferro reafirmou a previsão de vender entre 307 milhões e 332 milhões de toneladas de minério e pelotas em 2019, mas reafirmou que a "expectativa atual é que as vendas fiquem entre o mínimo e o centro da faixa".

Em meados de abril, a mineradora previa vendas em torno do centro da faixa, mas a companhia reviu a expectativa após uma decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais no início de maio suspender novamente a produção na mina de Brucutu, maior operação de minério de ferro da empresa no Estado.

Já as vendas apenas de minério de ferro da companhia caíram 22,2 por cento entre janeiro e março, em comparação com o primeiro trimestre de 2018, para 55,4 milhões de toneladas. O recuo frente ao trimestre anterior foi de 31,2 por cento.

A produção de pelotas somou 12,174 milhões de toneladas no primeiro trimestre, queda de 4,7 por cento ante o mesmo período de 2018 e recuo de 23 por cento em relação ao quarto trimestre.

As vendas de pelotas somaram 12,314 milhões de toneladas no mesmo período, uma queda de 6,2 por cento na comparação anual e redução de 23 por cento ante o quarto trimestre.

Fonte: Reuters

0 comentário