Tribunal manda bloquear R$ 3,5 bi de partidos, empresas e políticos (no R7)

Publicado em 24/05/2019 12:25
130 exibições
Decisão foi tomada em ação de improbidade administrativa contra suspeitos de envolvimento em desvios de recursos da Petrobras

O TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) determinou o bloqueio de aproximadamente R$ 3,5 bilhões em bens e valores do MDB, do PSB, políticos, empresas e até de herdeiros de políticos.

Entre os alvos estão o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), o deputado Eduardo da Fonte (PP-PE) e o ex-senador Valdir Raupp (MDB-RO).

A decisão também atinge os herdeiros dos ex-deputados Sérgio Guerra (PSDB-PE) e Eduardo Campos (PSB-PE), e do ex-presidente da Queiroz Galvão Ildefonso Colares Filho, falecido no ano passado.

As empresas Vital Engenharia Ambiental e Queiroz Galvão também terão recursos bloqueados.

Os bloqueios fazem parte de uma ação civil de improbidade administrativa movida pela força-tarefa da Lava Jato no Paraná.

"Na ação que tramita na Justiça Federal foram descritos dois esquemas que desviaram verbas da Petrobras, um envolvendo contratos vinculados à diretoria de Abastecimento, especialmente contratos firmados com a construtora Queiroz Galvão, individualmente ou por intermédio de consórcios, e outro referente ao pagamento de propina no âmbito da CPI da Petrobras em 2009", diz o MPF em nota.

Outro lado

O MDB Nacional diz que a ação envolve o diretório estadual de Rondônia e que o diretório nacional não é parte do processo. 

O R7 aguarda manifestações dos demais citados na reportagem. 

Fonte: R7

0 comentário