Deputado Homero Pereira toma posse na presidência da FPA

Publicado em 15/06/2012 09:36 503 exibições
"A Frente Parlamentar da Agropecuária é sentinela do setor produtivo rural no Congresso Nacional”, afirmou o novo presidente da FPA, Homero Pereira (PSD-MT), durante seu discurso de posse, ocorrida durante  concorrido jantar na noite de quarta-feira (13/06), em Brasília-DF.
O evento foi prestigiado por diversas autoridades políticas e do setor econômico, entre as quais dois ministros de Estado, Mendes Ribeiro (Agricultura) e Aldo Rebelo (Esporte); o governador de Mato Grosso Silval Barbosa e o ex-ministro da Agricultura Pratini de Moraes. Homero substitui Moreira Mendes (PSD-RO).
 Foram cerca de 80 deputados federais e 20 senadores presentes. E entidades como a Confederação da Agropecuária do Brasil (CNA), Associação dos Produtores de Soja do Brasil e de Mato Grosso, a Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), a Sociedade Rural Brasileira (SRB), a Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), a Coopersuçar, a Coopercacau, a União da Indústria de Cana de Açúcar (Única) , a Associação Brasileira de Agronegócio (Abag),  a Associação dos Produtores de Cacau (APC),  entre outras.
Segundo o presidente da FPA, a atividade rural enfrenta inúmeras ameaças como precariedade de infraestrutura, falta de políticas agrícolas adequadas e insegurança jurídica. “E contra todas as adversidades externas e internas, a agropecuária brasileira é muito competitiva, produz o alimento mais barato do mundo. A FPA continuará defendendo a setor das mazelas que tramitam no Legislativo. Temos de ter um olho no futuro sem descuidar do presente nas questões emergenciais”, defendeu Homero.
O ministro da Agricultura, Ribeiro conceituou a FPA como a voz do campo no Congresso Nacional. “É importante ter uma instituição política estruturada e forte. Essa bancada rural está conquistando muitas vitórias em defesa da agropecuária mais viável e pujante”, observou.
Em tom inflamado, o ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, primeiro relator do novo Código Florestal na Câmara dos Deputados, disse que a FPA deve continuar sendo a “trincheira de lutas, a voz em defesa dos interesses do agricultor brasileiro seja grande, médio e pequeno porte”.
SOBRE A FPA  - Formada por cerca de 230 parlamentares (deputados e senadores) de diferentes partidos e ideologias, representantes de todos os estados, é referência no Congresso Nacional. A entidade defende, em todos os seus aspectos, o fortalecimento do setor produtivo rural em harmonia com o meio ambiente.
Fonte:
FPA

0 comentário