Deputados da FPA da criticam fim da CPI do Trabalho Escravo

Publicado em 26/03/2013 14:09
261 exibições
A bancada ruralista do Congresso publicou nesta terça-feira nota contra a suspensão dos trabalhos na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Trabalho Escravo. Para os parlamentares, a decisão do presidente da CPI, deputado Cláudio Puty (PT-PA), de extinguir os trabalhos sem a votação de um relatório final é arbitrária e pouco comum no Congresso. Segundo a nota, Puty disse que os membros da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) queriam flexibilizar o conceito de trabalho escravo e não queriam ninguém punido. A FPA disse que as acusações são levianas. A atitude, segundo a nota, foi feita após Puty pressentir uma fragorosa derrota.

Veja a notícia na íntegra no site do Valor Econômico
Fonte Valor Econômico

Nenhum comentário