PIB agropecuário reflete políticas do governo, diz ministro

Publicado em 30/05/2013 08:39 550 exibições

O ministro da Agricultura, Antônio Andrade, disse hoje (29) que o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) agropecuário reflete a resposta do setor às políticas implementadas pelo governo federal. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o PIB do setor agrícola cresceu 17% no primeiro trimestre deste ano ante igual período de 2012, e 9,7% na comparação com o quarto trimestre do ano passado. Em nota à imprensa, Andrade destaca que os agricultures têm se beneficiado de acesso facilitado ao crédito e taxas de juros reduzidas.

De acordo com o ministro, o  Plano Safra 2013/2014, que deve ser anunciado nos próximos dias, dará ênfase à armazenagem para garantir a formação de um estoque regulador. Segundo ele, a meta é ampliar a capacidade da rede armazenadora, atualmente de 144 milhões de toneladas, até igualá-la à produção de grãos, que ficou em 166,17 milhões de toneladas na última safra. "Nossa expectativa é que essa equidade entre produção e capacidade de armazenagem seja atingida num prazo de cinco anos."

A agricultura se destacou em meio a um crescimento abaixo do esperado para a economia em geral. O PIB como um todo cresceu 0,6% no primeiro trimestre deste ano em relação ao último trimestre de 2012. No acumulado de12 meses, houve crescimento de 1,2%.

Fonte:
Agência Brasil

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

6 comentários

  • Lourivaldo Verga Barra do Bugres - MT

    Engraçado, o governo se sustenta em cima do PIB agropecuário com geração de emprego, renda e controle da inflação, graças à grande produtividade e fartura. Esse mesmo governo tem-se posicionado como inimigo da produção rural, basta observarmos a atuação no Código Florestal, na questão indígena, quilombola ..., aí ele vem com o plano safra(do) para engambelar o produtor, chacoalhando o saco de níquel, armando a arapuca e o produtor cai. É hora de virarmos as costas e mandar o governo plantar favas. O que vemos é um bando de produtores e lideranças, congratulando-se com o governo PTraidores! Só que o governo está certo: ele sabe que chacoalhando o saco de níquel leva o produtor onde quer! Ao invés de prestigiar o plano safra os produtores e lideranças deveriam mandar plantar os "ambientalistas", os artistas, indígenas... Se a gente continuar produzindo cada vez mais, desunidos, desarticulados, com lideranças preocupadas em se manter nos cargos, confortavelmente, o governo deve mesmo é chegar o chicote! Produzir menos vende melhor, dá menos dor de cabeça, gera inflação, sobra menos para bolsa família e nosso inimigo cai.

    A CNA e federações estaduais tem que ter mais peito e exigir mais respeito. Afinal somos sustentadores da Nação; não ficar se abraçando com os inimigos e traidores da produção rural!

    0
  • Telmo Heinen Formosa - GO

    Já pensou ter que ouvir isto "PIB agropecuário reflete políticas do governo, diz ministro da Agricultura" ... e, apesar de todas nossas ameaças em funcao do Código Florestal etc... Apesar da importancia secundaria da agropecuaria na composicao total do indice, sua importancia está no fato de ser o Setor Primario. Sem ele nada anda....

    0
  • Cícero José Libardi Ponta Porã - MS

    Agricultor Brasileiro salvando a pátria sempre. Somos heróis, pois mesmo com Ibama, Meio Ambiente, Funai , Governos, desde a " presidenta" até seus ministros ( Mapa, Transportes,) e ainda as tal de ONGs. Todos atrapalhando e a agropecuária cresce. Imagina se tivéssemos um governo " brasileiro".

    0
  • amarildo josé sartóri vargem alta - ES

    Reflete também a competência do produtor frente ao descaso de setores do governo para com os proprietários rurais e a falta de políticas sérias e eficazes. Aqui não tem redução do IPI não...aqui tem é muita luta, muito suor derramado. Além de enfrentar as mazelas dos ambientalistas, Código Florestal e Funai, ainda temos que escutar como bem colocou o senhor João Alves da Fonseca, essa improdutiva (em minúsculo de minha responsabilidade) mirian leitão falando asneiras a nível nacional. Tirem o PIB do agronegócio dos gráficos pra ver o que sobra. E olha aqui, ainda vai ficar pior seu Guido "Manteiga".

    0
  • Izabel Lima Mococa - SP

    Apesar de ler jornal todos os dias eu não saberia falar o nome deste ministro de tão apagado que ele é!!O desgoverno não conseguiu AINDA afundar a agricultura com suas investidas xiítas através da funai, código florestal, emplacamento de máquinas agrícolas e tudo mais que pode cair no colo do produtor a qualquer momento...E a pseudo economista da rede bobo deveria fazer uma continha simples e ver o tamanho do pibinho sem o agronegócio!!!

    0
  • João Alves da Fonseca Paracatu - MG

    É INCRÍVEL O PRECONCEITO DA GRANDE IMPRENSA COM O CAMPO,HOJE PELA MANHÃ NO BOM DIA BRASIL PERGUNTADA PELO ÂNCORA SE A AGRICULTURA TERIA SIDO A SALVAÇÃO DA LAVOURA DA ECONOMIA, A PSEUDO ECONOMISTA E DUBLÊ DE ECOLOGISTA MIRIAM LEITÃO RESPONDEU QUE O PIB AGRÍCOLA É POUCO RELEVANTE NA FORMAÇÃO DO PIB TOTAL E QUE A INDÚSTRIA ,QUE ESTÁ FRACA É O SETOR MAIS IMPORTANTE ... ORA VOLTE AOS BANCOS DA ESCOLA E APRENDA A FAZER CONTAS, ESTA GENTE NÃO SABE O QUE ESTÁ FALANDO, TODAVIA NÃO PERDE UMA OPORTUNIDADE PARA DIZER UMAS ASNEIRAS ,O PIOR É QUE O POVO ACREDITA... POBRE POVO BRASILEIRO , ATÉ QUANDO VAMOS VIVER DE CABRESTO DESTES ENGOMADINHOS MAL INTENCIONADOS?

    0