China não cresce mais a dois dígitos por ano, diz ex-embaixador

Publicado em 25/07/2013 14:19
372 exibições

As mudanças que estão acontecendo na China, com o governo buscando reformas em setores estratégicos para sair de uma economia industrial-exportadora para outra com maior peso de serviços e consumo, fazem com que o crescimento de dois dígitos ao ano, verificado nas últimas três décadas no país, não volte a se repetir. Essa é a visão do ex-embaixador brasileiro na China, Clodoaldo Hugueney.

Falando sobre o tema durante evento de comércio exterior realizado hoje em São Paulo, Hugueney disse que o único consenso sobre o futuro da economia chinesa está na certeza da desaceleração.

Leia a notícia na íntegra no site do Valor Econômico.

 

Fonte: Valor Econômico

0 comentário