China pede ao FMI para dar mais poder a mercados emergentes

Publicado em 15/01/2014 09:46 379 exibições

A China pediu ao Fundo Monetário Internacional (FMI) nesta quarta-feira para se ater ao compromisso de conceder mais poder aos mercados emergentes no órgão mundial depois que parlamentares dos Estados Unidos postergaram reformas históricas que dariam maior voz aos países em desenvolvimento.

Os comentários do porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da China Hong Lei foram uma crítica indireta aos Estados Unidos, o maior e mais poderoso membro do FMI, onde parlamentares fracassaram na segunda-feira em firmar medidas cruciais de financiamento, apesar de Hong não ter mencionado explicitamente os EUA.

Leia a notícia na íntegra no site da Reuters

Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário