Dilma diz que governo foi fundamental para avanço no campo

Publicado em 06/08/2014 13:13 e atualizado em 06/08/2014 16:02 183 exibições

A presidente Dilma Rousseff (PT), que concorre à reeleição, disse nesta quarta-feira que as ações do governo, principalmente ampliando e barateando o crédito, foram fundamentais para o crescimento do agronegócio no País, evitando fazer promessas para os representantes dos agricultores caso reeleita.

"Em 2003, quando o (ex-presidente) Lula assumiu, nós recebemos um Plano Safra de R$ 20,5 bi para toda produção do agronegócio", disse Dilma em evento organizado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) com os três principais candidatos à Presidência.

"Os juros variavam entre 8,75% no custeio até 11,95%, quando era em investimento", prosseguiu.

"Hoje tenho muito orgulho que na atual safra nós colocamos à disposição dos produtores o maior e mais completo Plano Agrícola. São R$ 156 bilhões, um crescimento real de 259%", explicou. "Os juros de 4,5% para investimento até 6,25% para custeio", acrescentou.

Leia a reportagem completa no site Terra

Fonte:
Terra

1 comentário

  • Telmo Heinen Formosa - GO

    Numeros bem torturados confessam o que se queira... Enganar uma plebe de jornalistas ignóbeis em aritmética não é dificil. O grande aumento do valor do Plano Safra de 2003 para 2014/15 tem duas grandes razões. 1) Aumento da área cultivada; 2) ENORME elevação do custo de Produção. Uma pena que este grandecíssimo aumento no custo tenha sido 'expurgado' parcialmente dos índices de inflação. Ademais, 156 bilhões é um numero para inglês ver porque em termos de liberação todo ano registra-se muito menos do que o projetado.

    0