Banco Goldman Sachs rebaixa recomendação para ações da Petrobras

Publicado em 29/10/2014 11:50 306 exibições

O banco de investimentos americano Goldman Sachs rebaixou a recomendação dos papéis de Petrobras de “compra” para “neutra” e retirou a empresa da lista de preferidas nas Américas. 

Além disso, o banco cortou o preço-alvo para as ações preferenciais da empresa de R$ 23 para R$ 18 e das ordinárias de R$ 22,2 para R$ 17,10. 

Em relatório, o Goldman justifica sua posição detalhando que, apesar de fatores como o valor expressivo dos ativos da petroleira; de expectativa de crescimento na produção nos próximos 12 a 18 meses; e favorecida por cotação em baixa no preço do petróleo, a empresa ainda continua muito dependente da política doméstica de ajuste de preços, e oscilações cambiais — que são aspectos imprevisíveis. 

Leia a notícia na íntegra no site do Valor Econômico.

Fonte:
Valor Econômico

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário