Governo suíço autoriza repatriação de US$ 26 mi de Paulo Roberto Costa

Publicado em 27/11/2014 11:12 18 exibições

O governo da Suíça autorizou nesta quarta-feira (26) a repatriação de US$ 26 milhões do ex-diretor de abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, após uma reunião entre procuradores do Ministério Público Federal (MPF), responsáveis pelas investigações da Operação Lava Jato, da Polícia Federal (PF) e representantes do Ministério Público suíço, de acordo com a Globo News. O valor a ser repatriado é o maior do Brasil para casos de corrupção, mas não há previsão de quando será devolvido.

Os procuradores do MPF embarcaram na segunda-feira (24) para a Suíça, com objetivo de tentar localizar o dinheiro que pode ter sido desviado da Petrobras. De posse dos extratos da conta cedidos pelo Ministério Público suíço, a força-tarefa do MPF busca ainda descobrir de onde veio e para onde iria essa quantia. Os procuradores também vão procurar provas de que outros envolvidos na Operação Lava Jato tenham movimentado dinheiro no exterior.

Entre eles, está outro ex-diretor da Petrobras, Renato Duque, que está preso em Curitiba, e o lobista Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano. Conforme Paulo Roberto Costa, eles também participavam do esquema, sendo que Baiano seria operador do PMDB nos desvios de dinheiro da Petrobras.

Leia a notícia na íntegra no site do G1

Fonte:
G1

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário