Diretoria da Petrobras pode ter que renunciar para não atrasar mais balanço, diz Graça

Publicado em 17/12/2014 11:19 179 exibições

LOGO REUTERS

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, afirmou nesta quarta-feira que ficará no cargo enquanto a presidente Dilma Rousseff quiser, mas não descartou eventual saída de toda a diretoria da estatal para que a publicação do balanço auditado, que está atrasada, possa ocorrer.

"Hoje estou aqui presidente da Petrobras enquanto eu contar com a confiança da Presidência, e ela entender que eu deva ficar", afirmou Graça Foster, como prefere ser chamada, durante café da manhã com jornalistas.

"Minha motivação é não travar a assinatura do balanço da Petrobras por conta da investigação", acrescentou.

Segundo a executiva, a atual diretoria da Petrobras precisa ser investigada, e isso poderia atrasar a publicação do balanço.

(Por Marta Nogueira e Jeb Blount)

Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário