Dilma fará acenos à equipe econômica de Temer para tentar se salvar do impeachment

Publicado em 14/07/2016 07:13 94 exibições

Longe do gueto Foi calculado o discreto elogio de Dilma Rousseff a Henrique Meirelles (Fazenda). A presidente afastada tem sido fortemente orientada a sinalizar que manterá a equipe econômica de Temer caso reassuma o poder. Serão feitos acenos aos poucos. Para voltar, Dilma mandará recados de mudanças também no time político. A tática é vender um projeto de governabilidade, inclusive com menos PT nos postos de comando. A chance de reversão do quadro no Senado, porém, ainda é vista como remota.

De emocionar Dilma chamou Meirelles de “pessoa competente”. Mas nunca foi fã do ministro. Para você O elogio teve endereço certo: Cristovam Buarque (PPS), autoproclamado indeciso no impeachment, já disse querer ver a equipe econômica mantida.

Liberei Na tarde de quarta (13), o Planalto deflagrou operação para que partidos retirassem candidaturas. Pouco depois, o PRB anunciou apoio a Rogério Rosso (PSD).

Vai encarar? O governo entrou na disputa para arbitrar seus interesses: ter Rodrigo Maia e Rogério Rosso no segundo turno. “Desafio alguém a dizer que pedi votos para um ou para o outro”, disse um ministro.

Bombeiro Temer falará com todos os derrotados, um por um. Quer fechar rápido as feridas abertas pela disputa.

Choquei Waldir Maranhão (PP-­MA) titubeou nervoso por dez segundos antes de explicar à coluna o que conversou com Dilma na segunda (11), no Alvorada. 

Leia a notícia na íntegra no site Folha de S.Paulo.

Fonte:
Folha de S.Paulo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário