Planalto culpa Fazenda por erro político em renegociação com Estados

Publicado em 11/08/2016 07:49
108 exibições

Assessores do presidente interino, Michel Temer, avaliam que a equipe do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, errou na negociação do projeto que alonga as dívidas dos Estados ao insistir na inclusão do dispositivo que vetava reajustes salariais para servidores públicos nos próximos dois anos.

Para auxiliares de Temer, não há clima político para cobrar de deputados, em ano de eleição municipal, a aprovação de um projeto que gera insatisfação no funcionalismo.

Para combater a impressão de que sofreu desgaste com o episódio, Meirelles foi a público nesta quarta (10) dizer que não houve perda de força da Fazenda após recuos na negociação sobre a dívida.

Assessores do Planalto destacaram que existem dispositivos na Constituição e na Lei de Responsabilidade Fiscal que já criam limites para os reajustes dos servidores –ou seja, o governo se desgastou desnecessariamente.

Leia a notícia na íntegra no site da Folha de S. Paulo.

Fonte Folha de S. Paulo

Nenhum comentário