No Estadão: Lula troca ameaça da jararaca pelas lágrimas

Publicado em 15/09/2016 16:16 e atualizado em 16/09/2016 13:54
1236 exibições
Em vez de rebater denúncias, Lula insiste na tese do 'eles contra nós", diz Caiado

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva mudou radicalmente de estratégia no pronunciamento que fez hoje se comparado ao Lula que vociferou contra tudo e contra todos em março deste ano, quando foi levado de maneira coercitiva para prestar depoimento em uma sala do aeroporto de Congonhas, em São Paulo. No dia 4 de março, após ter sido ouvido por um delegado da Polícia Federal no inquérito da Lava Jato, Lula ameaçou: “Se quiseram matar a jararaca, não bateram na cabeça”. Hoje, um Lula abatido foi às lágrimas diante das câmeras de TV e dos fotógrafos, em mais um espetáculo midiático da operação, desta vez, protagonizado pela defesa.

“Eles querem me investigar, me investiguem, querem me convocar pra depor, me convoquem. Eu só quero que respeitem a Dona Marisa (mulher dele, também denunciada ontem pelo Ministério Público Federal)”, disse Lula hoje, em tom colaborativo, completamente o oposto do político que chegou a mandar as autoridades enfiarem o inquérito naquela lugar em março. O que mudou nesses quase 6 meses transcorridos entre os dois pronunciamentos de Lula? Simples de responder: As investigações avançaram e o PT perdeu a Presidência com o impeachment de Dilma Rousseff.

Leia a notícia na íntegra no site do Estadão.

Em vez de rebater denúncias, Lula insiste na tese do 'eles contra nós", diz Caiado

O líder do Democratas no Senado Federal Ronaldo Caiado (GO) criticou a estratégia do ex-presidente Lula de tentar politizar a denúncia da Lava Jato que o coloca como comandante do grande esquema de corrupção criado no Governo PT.

Para Caiado, não houve resposta às acusações, apenas a tentativa de se esconder atrás de um discurso político para sua plateia. "Lula atestou que há fundamento nas denúncias da força-tarefa da Lava Jato contra ele. Não rebateu as denúncias e não apresentou qualquer defesa. Sequer teve coragem de enfrentar uma entrevista", comentou.

O democrata ressaltou a velha prática do ex-presidente em forjar motivações políticas por trás das investigações do Ministério Público que descobriram sua participação no comando da chamada "Propinocracia".

"Em vez de se posicionar, preferiu se esconder apenas num discurso político insosso para a sua plateia com a tese do 'eles contra nós". Tese essa que o brasileiro não suporta mais e repudia. O brasileiro não vai querer usar vermelho, vai querer justiça. E diante das acusações sérias, Lula terá muito o que explicar ao MPF e à justiça", lembrou Caiado.

Defesa de Lula vai ao Conselho Nacional do Ministério Público contra procuradores da Lava Jato

LOGO REUTERS 2.0

SÃO PAULO (Reuters) - A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou nesta quinta-feira que entrará com uma representação no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) contra os procuradores da Lava Jato acusando-os de desvio funcional na apresentação da denúncia contra o ex-presidente na véspera.

Em entrevista coletiva, o advogado Cristiano Zanin disse que o coordenador da força-tarefa da Lava Jato, procurador Deltan Dallagnol, fez um juízo de valor antecipado ao afirmar que Lula era o "grande general" do esquema de corrupção na Petrobras e atuou em jurisdição que não era sua, pois há uma investigação sobre organização criminosa envolvendo Lula no Supremo Tribunal Federal (STF).

(Reportagem de Natalia Scalzaretto)

 

Maestro Lula e duas interpretações sobre uma peça

POR FREDERICO VASCONCELOS

Os artigos a seguir –enviados ao Blog com pedido de publicação– tratam, sob ângulos distintos, do mesmo tema: a denúncia anunciada pela força-tarefa da Lava Jato contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, sua mulher, Marisa Letícia, e mais seis pessoas.

O primeiro é de autoria de Edison Vicentini Barroso, desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo; o segundo, de Leonardo Isaac Yarochewsky, advogado criminalista.

***

O maestro Lula e a vítima Brasil

Na cabeça de Luiz Inácio Lula da Silva, o Lula, não existem adversários à altura. Afinal, segundo claramente revelado pela Procuradoria da República, ele é o maestro da maior organização criminosa de que se tem notícia. Os demais, figurantes, não passam de peões no jogo de xadrez por ele montado.

O chefe ou ‘general’, como a Lula se referiram os procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato, começa a se incomodar com o fato de que há seres pensantes no Brasil, capazes de desvendar os caminhos de seus malfeitos, tornando pública a constatação de quem de fato é.

Esse indivíduo, que de cidadão nada tem – pois suas obras ofendem o próprio conceito de cidadania –, duas vezes presidente do País, no solo fértil dum povo ingênuo e ignorante, teve tempo mais que suficiente para pôr em prática plano de perpetuação no poder, pela compra de apoio parlamentar e financiamento ilegítimo de campanhas eleitorais – tendo por base e meta esquema de desvio de recursos públicos e enriquecimento ilícito.

São informações do Ministério Público Federal, a serem encaradas com a devida seriedade. E Lula se diz vítima de perseguição política, dum golpe dos adversários. Faz-me rir! Golpeado está o Brasil, por suas ações espúrias – a darem mostras de que Lula só respeita seus objetivos, sacrificando a quaisquer princípios ético/morais.

Justo ele, que se diz o homem mais honesto do Brasil. A vingar essa falsa atribuição, o País anda mal de honestidade. E Lula foi de novo denunciado.

Agora, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro – no caso do tríplex do Guarujá. Mas, não está só. Dentre outros, acompanha-o Marisa Letícia, sua mulher. Lula fez escola, dentro e fora de casa – de se reconhecer.

Finalmente, terá pela frente o juiz federal Sergio Moro – da tão temida ‘República de Curitiba’. Ao menos, até eventual posição contrária do STF, que, consciente ou inconscientemente, até aqui, o tem protegido. A Lula, que chamou seus ministros de covardes!

Lula imaginava-se sem adversários que lhe fizessem frente. Decerto, com a sensação enganosa da impunidade incondicional e irrestrita – do que deve ter passado, a título de herança maldita, aos próprios familiares. Todavia, existem sinais de que, mesmo no Brasil, há limites. No caso, os da lei – embora, não raras vezes, adaptada aos interesses menores de homens colocados nas maiores posições da escala social.

E Lula dar-se-á conta de que, além do tempo – senhor da razão –, seu grande e invencível adversário, sem forma nem figura humana, será a só e simples aplicação da lei – a dar a cada um segundo suas obras.

Lula tem ambições políticas. Quer ser presidente de novo. Porém, inda não se apercebeu de que a orquestra que regia não é mais a mesma. O tempo corre, as coisas mudam, as pessoas crescem, amadurecem e passam a enxergar. E isso não é bom pra Lula, a sempre contar com a cegueira generalizada para melhor se aproveitar das circunstâncias e bem servir-se da inocência da população.

O espertalhão tem motivos para se preocupar. Hoje, o ambiente lhe é adverso – qual o reverso da medalha. Ontem, falando para uma esmagadora maioria de cegos, indiferentes aos rumos da Nação, Lula era recordista de popularidade. Agora, seu recorde é de rejeição – acima dos 50%!

Outrora, o sentimento de poder absoluto, de impunidade sem embaraço.

Atualmente, Lula há de ser visitado pelo medo de ir parar na cadeia. Aliás, só não o foi, ainda, porque no Brasil, de leis e instituições frouxas – ao menos, para alguns tidos por poderosos.

Lula é, segundo o procurador da República Deltan Dellagnol, o ‘comandante máximo do esquema de corrupção’.

No momento, atingiu a condição de reles suspeito de se beneficiar de dinheiro sujo. Ele, o mais poderoso de todos. A alma mais honesta deste País – segundo suas palavras.

Agora, é réu em Brasília e denunciado em Curitiba. Fugiu de Sergio Moro o quanto pôde, como o diabo foge da cruz. Em vão! Sem a cobertura dos ‘covardes’ do STF, está quase frente a frente com o temido juiz. E disto se quer ver!

Embaraçou investigações, obstruiu a Justiça, fez e desfez do Brasil e de seu povo. Esse é Lula, sanguessuga da Nação, modelo de como não se deve ser.

Lula identifica-se, como nenhum outro, com o atraso e a falta de vergonha.

O despudor em pessoa. A vida impor-lhe-á limites, hoje ou amanhã – queira ou não.

Lula haverá de curvar-se às diretrizes da lei, sob a batuta dum novo maestro, mestre na arte de reger a orquestra da decência, hombridade e honradez – da qual Lula desconhece. Se réu vier a ser perante Moro, do que existem boas chances, Lula terá de descer do pedestal da ilusão de poder, já inexistente, curvar-se aos impositivos da Justiça e desvestir-se da pose de perseguido político.

Prestará contas dos atos que vitimaram o Brasil e seu povo, não mais junto ao trono da vaidade que sempre o caracterizou, mas agarrado ao banquinho mesmo de réu – do que nada mais será.

Finalmente, Lula conhecerá a lei de perto – à distância das regalias da sorte advindas de falcatruas que arruinaram o País. Não mais será chamado de excelência e convidado de honra em assembleias seletas, mas será compelido a sofrer na pele os merecidos respingos da Excelência da Lei!

Esta, implacável, lhe dirá: aqui estou, Lula, para aconchegá-lo no regaço da verdadeira Justiça! Tempos melhores hão de vir. Viva o Brasil, sob o império da legalidade!

Edison Vicentini Barroso – magistrado e cidadão brasileiro.

Um circo chamado Lava Jato

No final da tarde do dia 14/9, a Força Tarefa responsável pela famigerada Operação Lava Jato ao apresentar perante a imprensa denúncia contra o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, a ex-primeira-dama Marisa Letícia e mais seis pessoas se superou.

Num verdadeiro espetáculo circense a Lava Jato encontrou no procurador da República Deltan Dallagnol o mágico que faltava neste circo de horrores, de arbitrariedades e de autoritarismo que tramita sob o pálio do juiz federal Sergio Moro.

Somente um grande ilusionista ou um respeitável mágico para fazer com que os espectadores acreditem naquilo que foi exibido pelo procurador diante dos holofotes da mídia. Neste processo penal do espetáculo e midiático Luiz Inácio Lula da Silva é apontado como o grande vilão e o principal culpado pelas mazelas do país, é elegido pelo procurador da República como “maestro de uma organização criminosa”.

Como todo mágico, o representante do Ministério Público Federal faz caras e bocas para iludir a plateia. Nosso mágico não serrou a mulher ao meio; não fez truques com cartas; não tirou coelho da cartola; não fez ninguém levitar e nem desaparecer. Nosso mágico inovou e transformou Lula em proprietário de um apartamento contra todas as evidências. Nosso mágico, se iludindo com a própria retórica, transformou Lula no maior criminoso da história. Fazendo portanto jus ao nome de ilusionista, ou seja, aqueles que praticam a arte performativa que tem como objetivo entreter o público dando a ilusão de que algo impossível ou sobrenatural ocorreu.

Sem qualquer prova e, portanto, sem justa causa para oferecimento da denúncia os procuradores da República capitaneado pelo procurador Dallagnol transformaram a coletiva em verdadeiro comício contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Chegaram ao desplante e ao descaramento de dizer que embora não tivessem provas tinham a convicção de que tudo é verdade. Prova, para que prova se temos mágicos!

Não, senhores procuradores, vossas excelências não são deuses, não são paladinos da justiça e, também, não são heróis. Vossas excelências são funcionários da República e, portanto, do povo brasileiro que merece respeito.

O povo brasileiro não se deixará iludir, ludibriar e enganar, mesmo com o todo o aparato tecnológico, mesmo diante de tanta verborragia, mesmo diante de tanta pompa e arrogância. Acusações infundadas, levianas e sem lastro probatório não passarão. A farsa será em breve destruída. O grande truque não sobreviverá à justiça.

Leonardo Isaac Yarochewsky
Advogado e Professor

Fonte: Estadão + Reuters + Folha

4 comentários

  • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC

    Não esqueço a arrogância e prepotência de muitos politicozinhos mequetrefes que andam pelo mundo a poluir-lhe o ambiente. São atitudes próprias daqueles que acham que o Estado lhes pertence. Só que não são donos nem das propriedades que possuem, penhoradas em último grau nos bancos públicos com dividas superiores aos patrimonios. Mesmo assim se acham donos do Estado e do povo que lhe constitui.

    1
  • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

    Há em voga um conceito cientifico de que a espécie Homo sapiens é um ser gregário.
    Em outras palavras, seria o mesmo que dizer, que o ser humano tem o instinto natural em viver e conviver em sociedade.
    A história contada, desde os tempos remotos de antigas civilizações causou o desaparecimento de inúmeras outras espécies e, o que é mais paradoxal, os constantes conflitos entre clãs, tribos, senhores feudais e, finalmente nações, onde se dizimou um sem número de indivíduos da mesma espécie em nome do mesmo (sem) número de razões, mostra que a ciência ou os conceitos devem ser revistos.
    Diz-se que o berço da civilização ocidental surgiu na Grécia Antiga e, os pilares dessa "nova" civilização são a lógica e a razão.
    Ouço afirmar que são dois pilares e, que são antagônicos, a escassez e a fartura.
    Quando há escassez de conhecimento, a fartura de esperteza se sobrepõe aos "desejos da maioria", que é a conquista do bem estar.
    Quando há escassez de hombridade, a fartura da desonestidade prejudica a todos.
    Quando há escassez de verdade, a fartura da mentira inverte-se os conceitos. A verdade torna-se mentira e, esta torna-se verdade.
    E, para encerrar, para uma sociedade onde o conhecimento é renegado ao segundo plano, inverter-se os conceitos é um dos menores trabalhos a ser realizado.
    O termo "opinião pública" torna-se um joguete das classes dominantes.

    0
    • CARLO MELONISAO PAULO - SP

      Os gregarios nao querem dores de cabeças e sempre procuram um guarda chuva para se proteger ---- geralmente viram empregados----os guarda chuvas tem instinto de liderança e viram empresarios-----ASSIM CAMINHA A HUMANIDADE

      0
  • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

    A frase do ano que vai ficar para ser decifrada, não sei... Mas no próximo milênio: "Provem minha corrupção, e irei a pé até a policia me entregar"...
    Quem será que é o "pai" dessa pérola?
    Resposta: Ninguém mais do que aquele que cunhou outra frase, citada mais de 1.000 vezes: "Nunca antes na história desse país"... Como disse Joseph Goebbels, ministro da propaganda nazista "uma mentira repetida mil vezes torna-se verdade".
    Pobre povo que não tem conhecimento suficiente para proteger-se de bandidos travestidos de monges.
    Alguém aí sabe qual marginal corrupto que assinou recibo do recebimento da propina?
    IMAGINE SE O MAESTRO DA PROPINOCRACIA IRIA ASSINAR RECIBO !!!


    (Para os leitores que estão assistindo o desenrolar da denuncia que os promotores da Operação Lava Jato fizeram contra o maestro da PROPINOCRACIA, convido-os a lerem esse artigo sobre o escândalo da CPEM nos anos 90 e, por favor, prestem atenção no nome dos envolvidos e, como se portou essa figura inaudita que foi presidente do Brasil por dois mandatos. ... https://blogdotadeuafonso.wordpress.com/2015/05/12/cpem-o-teste-piloto-para-a-corrupcao-do-pt/).

    Veja que o Modus Operandi desses marginais não muda, até entre \"companheiros\" a sua defesa é desqualificar o denunciante, no caso um dos fundadores do PT, Paulo de Tarso Wenceslau, que no final do processo foi expulso do PT. Se isso não é quadrilha de meliantes, vou parafrasear um famoso apresentador da TV brasileira (Datena)... ME AJUDE AÍ, ÔÔÔ !!!....

    2
    • VICTOR ANGELO P FERREIRA VICTORVAPFNEPOMUCENO - MG

      Com Temer achei que o PT se esfacelaria,,,Leso engano, até os Procuradores eles querem processar...Quem sabe existe um acordo entre o Lula e os nossos Patões do Norte para entregar a Petrobrás em troca da Presidência...

      0
    • VICTOR ANGELO P FERREIRA VICTORVAPFNEPOMUCENO - MG

      patrões

      0
    • PAULO ROBERTO RENSIBANDEIRANTES - PR

      Sr. Victor, vou diminuir seu trabalho. Postei num comentário abaixo, por favor, leia o link e, tire suas conclusões: ..https://blogdotadeuafonso.wordpress.com/2015/05/12/cpem-o-teste-piloto-para-a-corrupcao-do-pt/.

      0
    • PAULO ROBERTO RENSIBANDEIRANTES - PR

      Sr. Victor, a maior petrolífera do mundo é a ExxonMobil, segundo dizem é americana e, que eu saiba nos EUA não existe miséria por causa que o governo dos EUA não ser dono das companhias de petróleo, ao contrário são empresas administradas com responsabilidade.

      0
    • VICTOR ANGELO P FERREIRA VICTORVAPFNEPOMUCENO - MG

      Mas os EEUU chegaram na frente, foi colonizado com inteligencia, vias férreas foram feitas antes do povoamento, ninguém foi pra lá com intenção de explorar, diferente daqui que saquearam, roubaram que traumatizou a população até hoje, talves seja por aí o interesse de não se entregar uma empresa de petróleo que enriquece o árabes e sustentava os imigrantes da Líbia e do Iraque...

      0
    • VICTOR ANGELO P FERREIRA VICTORVAPFNEPOMUCENO - MG

      uma empresa de petróleo, petróleo que enriquece os árabes e sustentava os emigrantes da Líbia e também do Iraque

      0
    • PAULO ROBERTO RENSIBANDEIRANTES - PR

      Sr. Victor, consta que o país, maior produtor de petróleo da região que o senhor está falando é a Arabia Saudita, não é?

      0
    • VICTOR ANGELO P FERREIRA VICTORVAPFNEPOMUCENO - MG

      As empresas americanas exploram la sob contratos ideais para o pais, o que de maneira nenhuma ocorrerá no Brasil, é bem possível até que o BNDES financie as empresas sob argumentos vários...Será que o porto em Cuba financiado também a mando, a gente vai receber de volta...

      0
    • WELLINGTON ALMEIDA RODRIGUESSUCUPIRA - TO

      É senhor Rensi, o senhor a cada dia me impressiona mais com sua sabedoria, quanta informação valiosa estou aprendendo aqui com vocês, e achava que sabia muito , mera tolice, e vivendo e aprendendo, vai receber de volta Vitor só a conta para nós pagamos, os esquemas são bem articulados para não deixar arestas, de todo jeito vai dar muito trabalho a Justiça para desembaraçar o sistema podre do Brasil, se aprenderam a muitos anos atrás...!

      0
    • PAULO ROBERTO RENSIBANDEIRANTES - PR

      Sr. Wellington, não posso agradecer o elogio, pois não possuo, nem de perto, a qualidade que o senhor pensa que possuo. Sou um ser vivente que já perdeu o poder de ter sombra. Esse espaço é a ferramenta, onde através da palavra escrita, sentimo-nos presentes.

      0
    • VICTOR ANGELO P FERREIRA VICTORVAPFNEPOMUCENO - MG

      Até a Holanda que aterrava o mar pra cultivar etc, viu mais vantagem em plantar e colher suas flores aqui sem falar em outros países da Europa que mantem suas hortas aqui ... Não sou contra, mas as divisas que entram estão compensando, há fiscalização

      0
    • WELLINGTON ALMEIDA RODRIGUESSUCUPIRA - TO

      O senhor é um livro de história vivo e com muita saúde e sabedoria, os meus respeitos com ternura, exemplo de lutador incansável , garanto que o senhor não ficou brincando de se endividar, endividou se trabalhando e muito...! abraço!

      0
    • VICTOR ANGELO P FERREIRA VICTORVAPFNEPOMUCENO - MG

      Wellington, que nada, unica coisa que acertou foi o das dívidas, o café é sempre pequeno porque a bolsa o mantém assim, mas ano que vem, como diz o torcedor do América, ano que vem a gente vai ser campeão...mas obrigado amigo pelas palavras ...

      0
    • WELLINGTON ALMEIDA RODRIGUESSUCUPIRA - TO

      À você Vitor, senhor Rensi,eu e a maioria produtores brasileiros, estão na mesma situação coletiva do descaso e do abandono, por isso que falo vamos tentar sair das dívidas e andar com as próprias pernas , nem que tenhamos de diminuir 50% da área plantada, mas não ficar esfregando a barriga na mesa de gerente de bancos, basta, chega de ser trouxas e palhaços da sociedade civil e das empresas inclusive sistema bancário...!

      0
  • Rafael Mendes Araguari - MG

    cadeia nele... meu sonho.... vai ser cara de pau..

    1
    • JUSTINO CORREIA FILHOBELA VISTA DO PARAÍSO - PR

      Perdeu companheiro, Lula!

      0
    • PAULO ROBERTO RENSIBANDEIRANTES - PR

      Para os leitores que estão assistindo o desenrolar da denuncia que os promotores da Operação Lava Jato fizeram contra o maestro da PROPINOCRACIA, convido-os a lerem esse artigo sobre o escândalo da CPEM nos anos 90 e, por favor, prestem atenção no nome dos envolvidos e, como se portou essa figura inaudita que foi presidente do Brasil por dois mandatos. ... https://blogdotadeuafonso.wordpress.com/2015/05/12/cpem-o-teste-piloto-para-a-corrupcao-do-pt/

      0
    • PAULO ROBERTO RENSIBANDEIRANTES - PR

      continuação:... Veja que o Modus Operandi desses marginais não muda, até entre "companheiros" a sua defesa é desqualificar o denunciante, no caso um dos fundadores do PT, Paulo de Tarso Wenceslau, que no final do processo foi expulso do PT. Se isso não é quadrilha de meliantes, vou parafrasear um famoso apresentador da TV brasileira (Datena)... ME AJUDE AÍ, ÔÔÔ !!!....

      0