Temer repreende ministro, mas decide mantê-lo após polêmica sobre Lava Jato

Publicado em 27/09/2016 13:59
111 exibições

Após reunião nesta terça-feira (27) pela manhã, o presidente Michel Temer ratificou sua decisão de manter o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, no cargo depois de suas declarações polêmicas no domingo (25), dizendo que "nesta semana" haveria uma nova Operação da Lava Jato.

No encontro, Temer repreendeu pessoalmente seu ministro pelas declarações dadas em Ribeirão Preto (SP), repetindo as reclamações já feitas no dia anterior por telefone. O presidente alertou seu ministro da Justiça que não quer a repetição deste tipo de comportamento, porque gera desgaste para o Palácio do Planalto.

Leia a notícia na íntegra no site da Folha de S. Paulo

Fonte: Folha de S. Paulo

Nenhum comentário