CGU investiga estradas mal feitas ou inacabadas em assentamentos rurais

Publicado em 13/10/2016 07:36
48 exibições

A Controladoria Geral da União investiga estradas mal feitas ou inacabadas em assentamentos. Mais de R$ 1 bilhão foram liberados para as obras. Só no estado de Alagoas, nove estradas estão na mira da CGU. A população que vive nessa região sofre com o descaso e com o mau uso do dinheiro público.

As terras na região são produtivas, como contou o agricultor Aldo Manoel: "Aqui tem inhame, tem a laranja, a laranja pêra, tem a banana... tudo! Só falta estrada boa". E ele tem razão. Faltam estradas boas para levar os produtos até as feiras. Esse é o resultado de um levantamento feito pela CGU em 86 assentamentos rurais de 18 estados. Mais de R$ 1 bilhão gastos desde 2010, mas muito pouco foi feito. Só em Alagoas, mais de R$ 9 milhões foram gastos para construir e reformar estradas - obras que deveriam ter sido fiscalizadas pelo Incra.

Os fiscais encontraram irregularidades em nove obras de assentamentos rurais em Alagoas. Em uma das estradas, ainda de terra, não é possível passar dois carros ao mesmo tempo, porque é estreita demais. Também há muitos buracos. Mais de R$ 1 milhão foi destinado a essa estrada, para serviços de melhorias que não foram feitos.

Nos assentamentos do município de Atalaia, a 50Km de Maceió, as obras foram abandonadas. Elas custaram R$ 4 milhões. O desperdício de tanto dinheiro deixa insatisfeito quem precisa da estrada boa. "Dinheiro que foi nosso e quem passa o sufoco é a gente, que transita todos os dias aqui", diz o agricultor Claudemir Araújo.

Leia a notícia na íntegra no site G1.

Fonte: G1

Nenhum comentário