Governo vê condições de consistente queda da taxa básica de juros

Publicado em 14/10/2016 07:30
44 exibições

Com a ressalva de que a decisão é do Banco Central, o Palácio do Planalto avalia que já existem as condições para o início de um novo ciclo "consistente" de queda da taxa básica de juros, hoje em 14,25% ao ano.

Interlocutores do presidente Michel Temer dizem que começar a flexibilização da política monetária já é importante para assegurar a retomada do crescimento da economia no final do ano. Sem isso, o risco é adiar este processo e reduzir o potencial de crescimento em 2017, estimado pela governo em 1,6%.

A próxima reunião do Copom (Comitê de Política Monetária) está marcada para semana que vem, penúltimo encontro do ano do colegiado do BC que define os juros. A última será em novembro.

Assessores presidenciais fazem questão de afirmar que o BC fará o que "for melhor" para a economia, mas acreditam que a queda da inflação em setembro e a aprovação do teto dos gastos público em primeiro turno na Câmara reforçam a tendência de corte da taxa de juros.

Em relação ao tamanho da possível redução da taxa Selic, a equipe de Temer diz que pode ser de 0,25 ou 0,50 ponto percentual, mas isto não é o mais importante agora.

Leia a notícia na íntegra no site Folha de S.Paulo.

Fonte: Folha de S.Paulo

Nenhum comentário