Em cochilo da oposição, Senado não veda parentes de políticos na nova rodada de repatriação

Publicado em 24/11/2016 12:50
57 exibições
Por Paulo Gama, na Folha de S. Paulo

Uma manobra de redação no texto, relatado pelo líder do governo no Congresso, Romero Jucá (PMDB-RR), permitiu a liberação de parentes de políticos na nova rodada de repatriação, ao contrário do que se imaginava.

A oposição vai apresentar nesta quinta-feira (24) um recurso ao plenário do Senado para que a Comissão de Constituição e Justiça altere a redação final do projeto de lei, aprovado na noite anterior, que abriu nova janela para a repatriação de recursos mantidos no exterior.

Os senadores chegaram a derrubar na votação da noite desta quarta, em plenário, os dois parágrafos que explicitavam a permissão para que parentes de políticos aderissem ao programa.

A vedação à inclusão dos parentes, no entanto, havia sido suprimida pelo relator da parte principal do artigo, que foi aprovada. Mas como não há vedação explícita nem permissão explícita, os parentes estão liberados a aderir.

Leia a notícia na íntegra no site da Folha de S. Paulo

Fonte: Folha de S. Paulo

1 comentário

  • Marcos Carlotto Braga Getulio Vargas - RS

    Quem era esse relator que enganou o Povo e a oposição?

    0