Equipe de Trump sinaliza freio nas relações entre EUA e Cuba

Publicado em 28/11/2016 07:17
37 exibições

O futuro das relações diplomáticas entre Washington e Havana ficou sob uma espessa camada de dúvidas diante das posições expostas neste domingo (27) por pessoas próximas e figuras da equipe do presidente eleito, Donald Trump, por mais concessões de Cuba em troca da abertura.

Em 2014, esses dois países, separados por meio século de tensões, iniciaram uma aproximação histórica. A chegada de Trump à Casa Branca gera incertezas sobre todo o delicado processo.

A morte do líder cubano Fidel Castro, na noite de sexta-feira, levou várias vozes próximas ao presidente eleito a se manifestarem sobre o futuro dessas relações bilaterais.

No sábado (26), Trump emitiu uma nota oficial onde afirmou que sua administração “fará tudo que puder” para garantir “a prosperidade e a liberdade” dos cubanos, sem dar detalhes de como alcançará esse objetivo.

Leia a notícia na íntegra no site da Veja

Fonte:
Veja

0 comentário