No Estadão: Dilma não pediu vantagens, mas sabia tudo do petrolão, segundo delação de Odebrecht

Publicado em 02/12/2016 08:05 e atualizado em 02/12/2016 09:42
519 exibições
Por Sonia Racy

Acordo de leniência assinado ontem, delações na mesa, vai aqui quase direto da fonte: Marcelo Odebrecht, em sua delação premiada, livrou Dilma de crime mais grave ao declarar que a ex-presidente nunca pediu recursos para ela mesma.

Entretanto, ele foi claro ao afirmar que ela tinha, sim, conhecimento de todo o esquema da Petrobrás.

Leia a notícia na íntegra no site do Estadão

Para Suíça, acordo de leniência com Odebrecht é 'primeiro passo'

GENEBRA – O Ministério Público da Suíça declara que o acordo de leniência assinado pela Odebrecht com Brasil, EUA e Suíça é só “um primeiro passo” na coordenação entre os três países na luta contra a corrupção envolvendo a Operação Lava Jato. Os suíços ainda contam com mil contas bloqueadas relativas ao esquema de corrupção no Brasil e, de cerca de US$ 800 milhões congelados, por enquanto apenas US$ 190 milhões retornaram ao País.

Em comunicado publicado nesta sexta-feira, 2, em Berna, o MP suíço afirmou estar “satisfeito em notar que um acordo foi atingido no Brasil em que o Grupo Odebrecht reconhece que houve má-conduta e que concordou em pagar mais de um bilhão de dólares em danos”.

“Esse é um primeiro passo crucial na ação coordenada das autoridades legais no Brasil, EUA e Suíça”, indicou a Procuradoria-Geral da Suíça, num comunicado, sem dar mais detalhes. 

Leia a notícia na íntegra no site do Estadão

Delatores da Odebrecht que estão presos exigem logística diferente para assinar acordo

Por Andreza Matais e Marcelo de Moraes

As delações de 77 executivos da Odebrecht começam a ser assinadas hoje na procuradoria-geral da República, mas a expectativa é que essa etapa dure mais de um dia.

Leia a íntegra no site do Estadão.

Fonte: Estadão

2 comentários

  • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

    Vivemos numa Democracia, mas longe de um SISTEMA Democrático de Direito.

    Porque a afirmação?

    Estamos no final do ano de 2016, mas o país se arrasta há um bom tempo. As medidas democráticas tomadas pelos políticos têm como resultado um país em recessão, grupos sociais, que há muito tempo deixaram de serem grupos, tornaram-se facções de malfeitores para assaltar o Estado. Na população existem mais de 12 milhões de desempregados, lanço uma pergunta para que os leitores façam uma analise: ALGUÉM TEM NOTICIA DE ALGUM POLÍTICO QUE PERDEU O EMPREGO DEVIDO À RECESSÃO ???

    Veja que as mazelas, sempre, são distribuídas socialmente a população. As facções sempre ficam com o butim.

    ABAIXO O "SISTEMA DE PRIVILÉGIOS" !!!

    0
  • Rafael Mendes Araguari - MG

    Genteeeee, mais como? ela nunca soube de nada!!!! O LULADRAO tambem nao sabe de nada!!!!!

    SABEM DE NADA INOCENTES!!!!!!

    LIXO ESSE PT ACABOU COM O PAIS!!!

    2