Nova denúncia da Lava Jato aponta que Lula capitaneou um ‘estrondoso esquema criminoso’

Publicado em 16/12/2016 05:26 e atualizado em 16/12/2016 06:17
3180 exibições
Por Julia Affonso e Fausto Macedo, de O Estado de S. Paulo

A Procuradoria da República, no Paraná, afirma em nova denúncia que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva capitaneou um ‘estrondoso esquema criminoso’. Para o Ministério Público Federal, o petista ‘foi o maior responsável pela consolidação, desenvolvimento e operação do grande esquema de corrupção revelado na Operação Lava Jato, tendo sobre ele domínio de realização e interrupção’.

“Lula capitaneou e se beneficiou desse grande e poderoso esquema criminoso. Beneficiou-se de forma econômica e direta, pois, recebeu propinas decorrentes de ilicitudes praticadas em benefício de consórcios integrados pelo grupo Odebrecht, em detrimento da Administração Pública Federal, notadamente da Petrobrás”, afirma a Procuradoria.

“Contudo, foi seu maior benefício aquele angariado na seara política, uma vez que, permitindo que fossem desviados bilhões de reais em propinas, para o Partido dos Trabalhadores e para os demais partidos de sua base de apoio, especialmente o Partido Progressista e o Partido do Movimento Democrático Brasileiro, tornou-se politicamente forte o bastante para ver a aprovação da maioria dos projetos de seu interesse perante as Casas Legislativas e propiciar a permanência no poder de seu partido mediante a injeção de propinas em campanhas eleitorais.”

 

Documento

 

LULA-DENUNCIA

A acusação aponta que propinas pagas pela empreiteira Odebrecht ao suposto esquema liderado pelo ex-presidente chegaram a R$ 75 milhões em contratos com a Petrobrás e incluíram terreno de R$ 12,5 milhões para Instituto Lula e cobertura vizinha à residência de Lula em São Bernardo de R$ 504 mil.

“As vantagens indevidas objeto da presente denúncia consistem em recursos públicos desviados no valor de, pelo menos, R$ R$ 75.434.399,441, os quais foram usados, dentro do estrondoso esquema criminoso capitaneado por Luiz Inácio Lula da Silva, não só para enriquecimento ilícito, mas especialmente para alcançar governabilidade com base em práticas corruptas e perpetuação criminosa no poder”, afirma a Procuradoria.

O petista é acusado por corrupção e lavagem de dinheiro. Também foram denunciados o empresário Marcelo Odebrecht, acusado da prática dos crimes de corrupção ativa e lavagem de dinheiro; Antonio Palocci e Branislav Kontic, denunciados pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro; e Paulo Melo, Demerval Gusmão, Glaucos da Costamarques, Roberto Teixeira e Marisa Letícia Lula da Silva, acusados da prática do crime de lavagem de dinheiro.

Nesta denúncia, a Procuradoria mirou em oito contratos entre a Odebrecht e a Petrobrás: obras da Refinaria Getúlio Vargas (REPAR), execução da terraplenagem da área destinada à construção e montagem da Refinaria do Nordeste (RNEST), terraplanagem do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), obras do Terminal de Cabiúnas (Consórcios Odebei, Odebei Plangás e Odebei Flare), construção e montagem do gasoduto GASDUC III e construção das plataformas de perfuração autoelevatórias P-59 e P-60.

A acusação afirma que ‘o esquema de corrupção’ contra a Petrobras envolveu a atuação de Lula ‘em favor dos interesses econômicos’ da Odebrecht. A Procuradoria apontou também para os ex-ministros José Dirceu (Casa Civil/Governo Lula) e Antonio Palocci (Fazenda e Casa Civil/Governos Lula e Dilma).

“A condição política conquistada por Lula e seus dois pilares de sustentação, José Dirceu e Antonio Palocci, permitiu que, juntos, colocassem em prática um esquema delituoso voltado à perpetuação criminosa no poder, à governabilidade corrompida e ao enriquecimento ilícito, todos assentados na geração e pagamento de vantagens indevidas a agentes públicos”, anotam os procuradores Deltan Dallagnol, Januário Paludo, Carlos Fernando dos Santos Lima, Orlando Martello, Antônio Carlos Welter, Isabel Cristina Groba Vieira, Diogo Castor de Mattos, Paulo Roberto Galvão de Carvalho, Athayde Ribeiro Costa, Roberson Henrique Pozzobon, Jerusa Burmann Viecili, Laura Gonçalves Tessler e Julio Noronha, que subscrevem a denúncia.

A força-tarefa da Lava Jato aponta que Palocci, como ministro da Fazenda entre 2003 e 2006, teve ‘proeminência’ na articulação e na manutenção do esquema.

“Inquestionavelmente, a relação próxima existente entre Antonio Palocci e os grandes empresários tornava ainda mais fácil e eficiente a manutenção do esquema criminoso para ambas as partes, ou seja, tanto para os empresários – que poderiam ter um canal melhor de acesso à alta Administração Federal – quanto para os agentes políticos corrompidos – que continuariam a receber as vantagens econômicas de forma ilícita. Ademais, mesmo quando formalmente afastado do governo em razão de escândalos envolvendo o seu nome, Antonio Palocci permaneceu atuando nos bastidores juntamente com Lula”, afirma a Procuradoria.

COM A PALAVRA, A DEFESA DE ANTONIO PALOCCI E BRANISLAV KONTIC

“Esta nova denúncia constitui uma manobra de estratégia das forças acusatórias que operam em conjunto de instituições em Curitiba. Trata-se de multiplicar infinitamente factoides que não têm qualquer respaldo na realidade para, a partir deles, se instaurarem inquéritos e subsequentes ações penais, com decretação de novas prisões, para neutralizar habeas corpus concedido em favor da liberdade dos acusados. É uma espécie de seguro prisional. Se os tribunais superiores libertarem os réus do processo ‘A’, imediatamente se decreta a prisão no processo ‘B’ , neutralizando assim a decisão superior.”

Em delação premiada, Marcelo Odebrecht confirma pagamentos a Lula (VEJA)

Herdeiro da maior empreiteira do país afirmou que o dinheiro pago ao ex-presidente veio do departamento de propinas da empresa

Em seus depoimentos de delação premiada, o herdeiro e ex-presidente do Grupo Odebrecht, Marcelo Odebrecht, confirmou que fez pagamentos ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, inclusive em espécie. A informação foi publicada na edição desta quinta-feira do jornal Valor Econômico. Os valores repassados ao petista teriam vindo do chamado Setor de Operações Estruturadas, o departamento de propinas da empreiteira, segundo as investigações.

O Ministério Público e a Polícia Federal apontam que Lula seria o “Amigo” que aparece nas planilhas como beneficiário de 23 milhões de reais. Desse montante, 8 milhões de reais teria sido pagos em 2012, “sob solicitação e coordenação de [Antonio] Palocci”, diz o relatório de indiciamento do ex-ministro dos governos Lula e Dilma, que está preso na Lava Jato.

O apelido também surgiu na troca de e-mails e mensagens de Marcelo Odebrecht como “amigo de EO” e “amigo de meu pai” numa possível referência a Emílio Odebrecht, que também assinou acordo de colaboração premiada com a força-tarefa da Lava Jato.

Marcelo Odebrecht começou a prestar os depoimentos no âmbito da delação premiada na última segunda-feira no edifício da PF em Curitiba. Na terça, o empresário deu o depoimento mais longo até agora de cerca de 10 horas – teve apenas uma pausa de duas horas para o almoço. As oitivas são gravadas em vídeo e acompanhadas por dois advogados de Odebrecht e pelo menos quatro procuradores de Curitiba.

Em nota, a defesa de Lula afirmou ao jornal que não comentaria “especulação de delação”.

À tarde, outra denúncia:

Lula é novamente denunciado na Lava Jato em caso de terreno para instituto e apartamento em São Bernardo

LOGO REUTERS 3.0

SÃO PAULO (Reuters) - A força-tarefa da operação Lava Jato ofereceu nesta quinta-feira nova denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por corrupção e lavagem de dinheiro em um caso envolvendo um terreno que seria destinado ao Instituto Lula e um apartamento em São Bernardo do Campo (SP), informou o Ministério Público Federal.

De acordo com comunicado do MPF, as propinas pagas pela Odebrecht no esquema, que seria liderado pelo ex-presidente, somaram 75 milhões de reais em troca da obtenção de oito contratos da Petrobras para a construtora. Dentro deste valor, segundo os procuradores, estavam um terreno de 12,5 milhões de reais para o Instituto Lula e uma cobertura vizinha ao apartamento onde mora Lula no valor de 504 mil reais.

(Por Eduardo Simões)

G1 PR: Ministério Público Federal denuncia ex-presidente Lula e mais oito pessoas na Lava Jato

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e mais oito pessoas na Operação Lava Jato.

Veja a lista dos denunciados:
-Lula: corrupção passiva e lavagem de dinheiro
-Marcelo Odebrecht: corrupção ativa e lavagem de dinheiro
-Antonio Palocci: corrupção passiva e lavagem de dinheiro
-Branislav Kontic: corrupção passiva e lavagem de dinheiro;
 -Paulo Melo: lavagem de dinheiro
-Demerval Gusmão: lavagem de dinheiro
-Glaucos da Costamarques: lavagem de dinheiro
-Roberto Teixeira: lavagem de dinheiro
-Marisa Letícia Lula da Silva: lavagem de dinheiro

Veja a notícia na íntegra no site do G1 PR

Na Folha: Indiciado de novo e réu em 3 ações, Lula parte para o ataque contra Moro

Indiciado na terça­feira (13) por corrupção passiva, na Operação Lava Jato, e réu em três processos, o expresidente Luiz Inácio Lula da Silva tem adotado a estratégia de radicalizar nos embates com o juiz federal Sergio Moro.

Lula foi indiciado pela Polícia Federal junto da exprimeira­dama Marisa Letícia, do advogado Roberto Teixeira, do ex­ministro da Fazenda Antonio Palocci e de outras quatro pessoas. O ex­presidente Lula foi acusado de corrupção passiva e os outros, citados por lavagem de dinheiro.

Leia a notícia na íntegra no site da Folha de S. Paulo

Ex-tesoureiro desdiz PT: ‘Recebi verba informal’, por Josias de Souza (UOL)

Em depoimento a Sergio Moro, o ex-tesoureiro petista Paulo Ferreira desmontou uma lorota sustentada pela direção do PT federal há dois anos e meio. Pela primeira vez, o ex-gestor das arcas petistas admitiu que a legenda recebeu “verbas informais”, eufemismo para propinas.

Para não deixar dúvidas no ar, o juiz da Lava Jato indagou: “O Partido dos Trabalhadores tem feito declarações públicas de que eles não trabalham com rtecursos não-contabilizados. O senhor está afirmando algo diferente… O senhor saberia me explicar essa contradicão?”

Paulo Ferreira respondeu: ''É um problema da cultura política nacional, doutor Moro. Eu não estou aqui para mentir para ninguém. Estou aqui para ajustar alguma dívida que eu tenho. Negar informalidades nos processos eleitorais brasileiros, de todos os partidos, na minha opinião, é negar o óbvio.''

Não é que o PT seja mentiroso. A legenda apenas possui uma verdade, digamos, múltipla.

Sujo, Lula se mantém vivo na gincana de lama, por JOSIAS DE SOUZA (UOL)

Lula já se transformou num frequês de caderneta da Polícia Federal e do Ministério Público. Réu em três ações penais, foi denunciado novamente, junto com outras pessoas, na Lava Jato. Corrupção passiva! É acusado de receber propinas da Odebrecht, lavadas na compra de um terreno e de um apartamento. Mais um apartamento, agora vizinho da cobertura de Lula em São Bernardo. Ele diz que paga aluguel para usar o imóvel. A Procuradoria diz que não.

A defesa de Lula soltou uma nota. Não para defender o pajé do PT, mas para atacar os procuradores. Os advogados disseram que a turma da Lava Jato repete “maluquices” sobre Lula. Para os advogados, os procuradores temem que Lula cometa a ousadia de ser candidato à Presidência em 2018. Por isso, perseguem-no. Assim tem sido a defesa de Lula, baseada exclusivamente no ataque.

Lula virou um típico político brasileiro. Grosso modo falando. Mas, apesar de tudo, o último Datafolha, divulgado no final de semana, mostrou que, entre março e dezembro, Lula deu um salto. No melhor cenário, passou de 17% para 25% na preferência dos eleitores para o primeiro turno de uma disputa presidencial. Está na liderança. No segundo turno, Lula só seria batido por Marina Silva.

Só há uma maneira de explicar o fenômeno: faltam alternativas. O brasileiro olha ao redor e vê que a alternativa ao sujo é uma série de mal lavados. A isso se resumiu a política brasileira em tempos de Lava Jato: uma gincana de lama.

Fonte: Reuters+G1 PR+Folha de S. Paulo

3 comentários

  • Heber Marim Katuete - PY - PI

    Consideram o Lula um herói tipo Robin Hood... Rouba as granjas dos trabalhadores e entrega a carcaça dos frangos aos miseráveis...

    2
    • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

      Sr. Heber, permita-me corrigi-lo... Ele não entrega nem a carcaça ... ele conta em seus discursos populistas, como os galinhas cacarejavam, emitindo o som no microfone... Enfim ele entrega só o som dos bichos e, o "povo" fica com a barriga vazia, relembrando como era bom o som do cacarejo das penosas.

      3
    • Heber Marim Katuete - PY - PI

      Desculpe companheiro Paulo... Seu comentário é do dono da granja.... Não dá maioria (os mesmos que podem infelizmente voltar a eleger), pois enquanto estão roendo ossos estão felizes... Afinal tem coisa que vagabundo goste mais de que esmolas...

      1
  • Salete carvalho Lavras - MG

    O pior é que, mesmo com todas as evidências, ainda tem uns fanáticos que não acreditam que Lula roubou o Brasil.

    0
    • antonio carlos pereira Jaboticabal - SP

      A maior quadrinha foi do FHC, vendeu 134 empresas e sumiu com a grana, cade a grana ?

      1
  • Arlindo Pontremolez Varalta Ibirarema - SP

    Cumpanherus, assim e demais... U Moru quer ser presidente e impedir que o Lula seja candidato!.. Cumpanherus assim num e possivel!!!

    Tudo e culpa do Lula cumpanherus!! rrsrsrsrsrsrsrsrssr

    Ate quando vamos ter que esperar para ver esse bandido na cadeia???

    2
    • dejair minotti jaboticabal - SP

      Não tenham pressa de ver este desclassificado na cadeia,este calhorda é o touro,era forte,então precisa ser toureado,cada denúncia é uma estocada na paleta,vai sangrando e perdendo força,ficha suja para 2018,sera a espada do toureiro o golpe final,cadeia para o miura e vitória do toureiro,ou seja o povo brasileiro que pensa,trabalha e paga impostos.Os Stédiles e Boulos que façam churrasco do touro.

      0
    • antonio carlos pereira Jaboticabal - SP

      Mas a MARINA ganha !

      2
    • Demir Triunfo Moreira São Paulo - SP

      Só gostaria que tivessem a dignidade de me explicar porque tanto ódio contra o Lula, vcs. nem são defensores do povo, são uns classe média que não tão nem aí pro zé povinho, comem bem moram bem, tem suas empregadas domésticas, seus carros do ano, vcs. acham que o Lula roubou mis que o Michel Temer, que o Aécio, o Juca, o Sarney, então esqueçam, contra todos esses fariseus que o perseguem Lula lidera a corrida à Presidência, por isso precisam de um juiz exibicionista para barrar sua candidatura, com acusações, sem qualquer prova. Aguardem a história o absolverá e ele voltará nos braços do povo.

      3
    • antonio carlos pereira Jaboticabal - SP

      Lula subiu mais nas pesquisas, se a mulher de Moro fugiu para os Estados Unidos isso significa que Moro vai condenar o Lula e vai pedir asilo. Mendes já tinha dado uma entrevista, falou que no cemitério esta cheio de heróis,Moro não prova nada até agora, PSDB usou o Moro para bucha de canhão, agora deve pedir asilo.

      1