O Globo: Dono da JBS grava Temer dando aval para compra de silêncio de Cunha

Publicado em 17/05/2017 19:44 e atualizado em 17/05/2017 21:49
8220 exibições

RIO — Na tarde de quarta-feira passada, Joesley Batista e o seu irmão Wesley entraram apressados no STF e seguiram direto para o gabinete do ministro Edson Fachin. Os donos da JBS, a maior produtora de proteína animal do planeta, estavam acompanhados de mais cinco pessoas, todas da empresa. Foram lá para o ato final de uma bomba atômica que explodirá sobre o país — a delação premiada que fizeram, com poder de destruição igual ou maior que a da Odebrecht. Diante de Fachin, a quem cabe homologar a delação, os sete presentes ao encontro confirmaram: tudo o que contaram à Procuradoria-Geral da República em abril foi por livre e espontânea vontade, sem coação.

É uma delação como jamais foi feita na Lava-Jato: Nela, o presidente Michel Temer foi gravado em um diálogo embaraçoso. Diante de Joesley, Temer indicou o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) para resolver um assunto da J&F (holding que controla a JBS). Posteriormente, Rocha Loures foi filmado recebendo uma mala com R$ 500 mil enviados por Joesley. Temer também ouviu do empresário que estava dando a Eduardo Cunha e ao operador Lúcio Funaro uma mesada na prisão para ficarem calados. Diante da informação, Temer incentivou: "Tem que manter isso, viu?".

Aécio Neves foi gravado pedindo R$ 2 milhões a Joesley. O dinheiro foi entregue a um primo do presidente do PSDB, numa cena devidamente filmada pela Polícia Federal. A PF rastreou o caminho dos reais. Descobriu que eles foram depositados numa empresa do senador Zeze Perrella (PSDB-MG).

Joesley relatou também que Guido Mantega era o seu contato com o PT. Era com o ex-ministro da Fazenda de Lula e Dilma Rousseff que o dinheiro de propina era negociado para ser distribuído aos petistas e aliados. Mantega também operava os interesses da JBS no BNDES.

Leia a notícia na íntegra no site do jornal O Globo

PF filma indicado por Temer recebendo propina

RIO - Por volta de 22h30m do dia 7 de março, Joesley Batista entrou no Palácio do Jaburu. Michel Temer estava à sua espera. Joesley chegou à residência oficial do presidente com o máximo de discrição: foi dirigindo o próprio carro para uma reunião a dois, fora de agenda. Escondia no bolso uma arma poderosa — um gravador. Temer havia chegado pouco antes em casa, logo depois do seu último compromisso do dia: uma passada rápida na comemoração dos 50 anos de carreira do jornalista Ricardo Noblat.

O presidente e o empresário conversaram por cerca de 40 minutos a sós. Poderiam, por exemplo, ter discutido a queda de 3,6% do PIB em 2016, um terrível dado econômico divulgado justamente naquele dia. Mas eram outros os assuntos da pauta.

Todo o diálogo foi gravado por Joesley. Tem trechos explosivos. Num deles, o dono da JBS relatou a Temer que estava dando mesada a Eduardo Cunha e Lúcio Funaro para que ambos, tidos como conhecedores de segredos de dezenas de casos escabrosos, não abrissem o bico. Temer mostrou-se satisfeito com o que ouviu. Neste momento, diminuiu um pouco o tom de voz, mas deu o seu aval:

— Tem que manter isso, viu?

Em seu depoimento aos procuradores, Joesley afirmou que não foi Temer quem determinou que a mesada fosse dada. Mas que o presidente tinha pleno conhecimento da operação cala-boca.

Leia a notícia na íntegra no site do jornal O Globo

Grampo revela que Aécio pediu R$ 2 milhões a dono da JBS

Joesley Batista entregou à PGR uma gravação que piora de forma descomunal a tempestade que já cai sobre a cabeça de Aécio Neves. No áudio, o presidente do PSDB surge pedindo nada menos que R$ 2 milhões ao empresário, sob a justificativa de que precisava da quantia para pagar despesas com sua defesa na Lava-Jato.

O diálogo gravado durou cerca de 30 minutos. Aécio e Joesley se encontraram no dia 24 de março no Hotel Unique, em São Paulo. Quando Aécio citou o nome de Alberto Toron, como o criminalista que o defenderia, não pegou o dono da JBS de surpresa. A menção ao advogado já havia sido feita pela irmã e braço-direito do senador, Andréa Neves. Foi ela a responsável pela primeira abordagem ao empresário, por telefone e via WhatsApp (as trocas de mensagens estão com os procuradores). As investigações, contudo, mostrariam para a PGR que esse não era o verdadeiro objetivo de Aécio.

O estranho pedido de ajuda foi aceito. O empresário quis saber, então, quem seria o responsável por pegar as malas. Deu-se, então, o seguinte diálogo, chocante pela desfaçatez com que Aécio trata o tema:

— Se for você a pegar em mãos, vou eu mesmo entregar. Mas, se você mandar alguém de sua confiança, mando alguém da minha confiança — propôs Joesley.

Leia a notícia na íntegra no site do jornal O Globo

Delator: ‘Mantega distribuía propinas a parlamentares petistas’

RIO — Nem Antonio Palocci, nem Lula. De acordo com o que Joesley Batista contou em sua delação, o ex-ministro Guido Mantega era o seu elo com o PT. Relatou que havia uma espécie de conta corrente para o PT na JBS. Por meio dela, e tendo sempre Mantega como intermediário, irrigava os bolsos de parlamentares petistas.

Ao falar de Mantega, os delatores afirmam que era ele quem operava para o grupo no BNDES. Portanto, eram através de tratativas diretamente com Mantega que se negociavam os aportes ao grupo J&F. Os delatores ressaltam, no entanto, que Mantega não pegava o dinheiro para si próprio, mas sim para o partido.

Joesley disse aos procuradores que Luciano Coutinho, o presidente do BNDES em quase toda a era petista, era duro nas negociações. Mas admite que às vezes se reunia com Coutinho e parecia que Mantega, com quem tratava de propinas para o PT, já antecipara os assuntos da JBS para ele.

Palocci entrou em situação mais light. Joesley disse que o contratou como consultor quando a JBS começou sua escalada. Mas, segundo ele, Palocci atuava mais como uma espécie de "professor de política" ao empresário então neófito entre os gigantes da indústria e da política. Garantiu que Palocci nunca se meteu em seus pleitos ao BNDES — tarefa de Mantega. Mas admitiu que o ex-ministro de Dilma e Lula pediu a ele doação de campanha, via caixa dois. E o dinheiro, claro, foi dado.

Leia a notícia na íntegra no site do jornal O Globo

No Estadão: No Planalto, informações de que Temer teria dado aval a silêncio de Cunha causam apreensão e correria

Assim que foram divulgadas as informações de que o presidente Michel Temer teria dado aval para a ‘compra do silêncio’ do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, assessores palacianos mostraram surpresa e apreensão.

Segundo o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, Joesley Batista, dono da JBS, gravou Temer dando aval para “compra de silêncio” de Cunha. (Carla Araújo e Tania Monteiro)

Membros da comunicação do presidente e também o porta-voz, Alexandre Parola, subiram ao gabinete de Temer para avaliar o estrago das declarações e definir se haverá algum tipo de manifestação.

Leia a notícia na íntegra no site do Estadão

Líder do DEM não descarta afastamento de Temer

Deputado Efraim Filho (PB) afirma que é 'tarefa do Congresso' investigar suspeita de 'compra do silêncio' de Cunha a pedido do presidente

Líder do DEM na Câmara, o deputado Efraim Filho (PB) afirmou nesta quarta-feira, 17, que não descarta a possibilidade de um processo de impeachment ser aberto contra o presidente Michel Temer após as notícias sobre a delação da JBS, revelada pelo jornal O Globo.

Segundo ele, o Congresso agora tem que ter “serenidade” para avaliar os fatos que vieram à tona e dar respostas rápidas à sociedade. “A investigação irá dizer se houve infração à Constituição. Se houve, a Constituição tem que ser seguida, conforme o rito a que foi submetida a ex-presidente Dilma Rousseff”, afirmou.

Questionado se ele indicaria os membros para integrar uma eventual comissão de impeachment, Efraim sinalizou que sim, caso fique comprovado que Temer cometeu crime de responsabilidade.  “É tarefa do Congresso dar continuidade a essas investigações e o Democratas irá cumprir a sua parte”, disse.

Efraim foi o único líder do governo, até agora, a comentar a situação. Os demais desapareceram do plenário logo após a notícia vir à tona. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), encerrou a sessão assim que a oposição começou a protestar contra Temer.

O deputado Alessandro Molon (Rede-EJ) já protocolou um pedido de afastamento contra Temer nesta quarta. Um outro processo contra o peemedebista já tramita na Câmara, mas os líderes da base não indicaram os membros para que a comissão começasse a funcionar.

 

Fonte: O Globo + ESTADÃO

3 comentários

  • roberto andrea maffessoni Cascavel - PR

    Essa montagem barata e mal feita da gravação pelo dono da JBS deveria ser considerada como crime de falsa ideologia..., nada ficou provado e nada dizem. foi para salvar mais uma vez o bandido, o ladrão lula e a quadrilha que assaltou nosso Brasil. Desestabilizar o governo que vinha com as excelentes REFORMAS trabalhistas e previdenciarias. Só interessa a não aprovação para os corporativismos publicos, e os pelegos de sindicatos e aproveitadores.. devemos torcer que o STF tenha pessoas dignas e concursadas ( nada de nomeadas) para julgar este golpe financeiro promovido pela JBS, que deveria ser considerado crime contra o sistema financeiro-- crime de lesa patria, pois deram um rombo bilionário no povo (via BNDES), portanto devem devolver tudo que receberam a titulo de empréstimos, com juros de mercado, e o que delataram, deve ser considerado boa parte como FALSO TESTEMUNHO.

    12
    • TIAGO GOMESBRASÍLIA - DF

      Se já não bastasse petistas terem bandido de estimação tô vendo que muitos têm temer como bixinho de estimação também. Avante Brasil!

      6
    • CARLO MELONISAO PAULO - SP

      Sr THIAGO eu não percebi que a maioria aqui tenha Temer como bichinho (ch) de estimação---A mim me parece que a maioria esta' revoltada com o ambiente de traição e as arapucas maldosas bem como todos os atos ilícitos praticados no ambiente da sua cidade----

      3
  • Ronaldo Zambianco Arapoti - PR

    Para mim que sou leigo no assunto não há muita surpresas , dos que estão lá em cima sobra muito pouco por isso existe tanta dificuldade em pegar estes bandidos um está vinculado ao outro , agora está delação vindo da JBS mais uma vês é graça a nossa P F e como estão fechando o cerco a bandidagem vai entregando aos poucos e assim tentando tirar o foco do chefe L...a

    2
    • RODRIGO POLO PIRESBALNEÁRIO CAMBORIÚ - SC

      Muito boa sua percepção Sr. Ronaldo, penso que cabe a nós evitar que isso aconteça. Existe algo muito estranho acontecendo, perto de Lula o Aécio é ladrão de galinha e no entanto a policia prendeu a irmã dele, enquanto Lula, a tal Gleisi Hoffman que roubaram muito mais continuam soltos e fazendo discursos com intenção de provocar uma guerra de versões e narrativas e voltar ao poder. Dizem que logo, logo, vai aparecer coisa do Gilmar Mendes. O Brasil é um país governado por bandidos, e enquanto os produtores não admitirem que a bancada ruralista faz parte desse governo, nada muda.

      2
    • PAULO ROBERTO RENSIBANDEIRANTES - PR

      Não sou ninguém, mas devemos "colocar uma pulga atrás da orelha" ... Quem colocou o Edson Fachin no STF ? ... Resp.: Dilma Roussef. ... Sei que não muda o crime escancarado pelos envolvidos nessa ação, que acho correta, pois todos dizem: NÃO TEM PROVAS .... Nessa as provas são incontestáveis. ... ... PARABÉNS !!! Agora essa cambada que está roubando há décadas devem ser punidos com a mesma moeda. ... ... Uma coisa que defendo há tempos é a mudança dos mecanismos, pois aí vai ser possível evitar muitos malfeitos e, para aqueles que insistirem em praticá-los, aplica-se os rigores da lei.

      2
  • Jorge Almada São José dos Campos - SP

    VOCÊ AINDA ACHA QUE TERÁ CANDIDATOS HONESTOS PARA VOTAR EM 2018? , ÚNICA SAÍDA. INTERVENÇÃO MILITAR JÁ!

    14
    • DAVID FRANCISCO DE OLIVEIRACAMPO MAGRO - PR

      Agora o João Batista vai para de defender a pinguelinha, essa pinguelinha foi feita com o pau cheio de cupim

      3
    • LEANDRO CARLOS AMARALITAMBÉ - PR

      Certa vez fiz um comentário sobre a Direita e fui censurado, será que vão continuar sensurando a nossa Direita.....e que e ja uma Direita Conservadora. ..

      2
    • JOSE LUCIANO PEREIRAGOIÂNIA - GO

      Eu ja tinha comentado no NOTÌCIASAGRÌCOLAS sob o BNDS. COMENÇOU.

      0