Temer passa por procedimento cirúrgico (raspagem da próstata) em São Paulo

Publicado em 27/10/2017 16:49
Presidente passou por uma raspagem da próstata, para desobstrução de uretra

 O presidente Michel Temer passou, na noite desta sexta-feira, 27, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, por um procedimento cirúrgico de ressceção, ou raspagem da próstata, para a desobstrução da uretra. O peemedebista chegou à unidade por volta das 20h35 para realizar um exame chamado cistoscopia - que consiste em uma sonda que passa pela uretra e vai até a bexiga para descobrir o motivo da obstrução urológica.  

O procedimento durou cerca de duas horas. Temer se recupera na unidade de terapia semi-utensiva, sem previsão de alta. As informações são da assessoria do Planalto.

A cirurgia é considerada de baixa complexidade, já que se trata de procedimento corriqueiro em pacientes com esse diagnóstico. 

A incidência da hiperplasia prostática benigna (crescimento da próstata) é de 50% para homens com mais de 50 anos e chega a 90% aos 80 anos –Temer tem 77. É menos comum que esse crescimento seja devido a um câncer.

A próstata em um tamanho maior comprime a uretra e pode levar o paciente a não conseguir urinar. 

Temer está sendo acompanhado por equipes coordenadas pelos médicos Roberto Kalil Filho, Miguel Srougi e Felipe Barroso Braga, de acordo com o boletim do hospital.

A notícia da internação de Temer gerou tensão entre aliados e oposicionistas do presidente. Isso porque Temer foi diagnosticado com obstrução parcial de artéria coronária nas últimas semanas. O problema urológico, porém, não guardava relação com isso, segundo os médicos.

O presidente deixou o hospital ainda na noite da quarta (25). Na saída, disse estar "inteiro". Duas horas depois, ele publicou em uma rede social a seguinte mensagem: "Boa noite! Hoje tive um desconforto e fui submetido a uma série de exames. Estou bem. A orientação médica foi para que eu fique em repouso pelos próximos dias."

Na quinta (26), o peemedebista despachou com alguns assessores e cumpriu, com sonda, agenda no Planalto à tarde.

 

Fonte:
ESTADÃO + FOLHA

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário