Folha fala que Bolsonaro "se escondeu", Estadão que "se refugiou"... Veja o vídeo e tire suas dúvidas

Publicado em 04/07/2018 03:14 e atualizado em 04/07/2018 22:01
3844 exibições

Bolsonaro se esconde no banheiro para escapar de xingamentos (na FOLHA, por MONICA BÉRGAMO)

Pré-candidato divulga vídeo criticando colunista e dizendo que mulher que o abordou estava em "estágio de embriaguês"

O deputado Jair Bolsonaro (PSL-RJ) teve que se esconder no banheiro na tarde desta terça (3) para escapar de uma passageira que passou a cercá-lo e a chamá-lo de "lixo" na sala de embarque do aeroporto de Congonhas, em São Paulo, diz a nota da colunista social Monica Bérgamo, na Folha)

O pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL-RJ) no banheiro aeroporto de Congonhas, em SP 

Quase sempre acompanhado nos terminais por seguidores que o aplaudem, gritam palavras em seu apoio e o seguem fazendo filmes, fotos e selfies, o pré-candidato à Presidência viveu a situação adversa quando se preparava para embarcar num voo da Gol para Brasília.

A mulher gritava e chegou a se jogar no chão, preocupando outros passageiros que observavam a cena.

Ela tentou invadir o banheiro dizendo que queria fazer uma pergunta ao candidato. Algumas passageiras tentavam demovê-la, pedindo a outros cuidado ao abordá-la já que a jovem poderia estar alterada. 

Bolsonaro confirma o episódio.

"A senhora se aproximou, pelo que tudo indica, bastante embriagada, se encostando. Eu saí de perto, é lógico. Ela chegou a cair no chão sozinha", relata.

"Eu lamento, lamento o ocorrido. E lamento que não havia pessoa adequada [seguranças ou funcionários] no aeroporto para resolver o assunto. Até porque, pelo que eu acho, ela não poderia embarcar num estado desses", disse o candidato à coluna.

Depois da publicação da informação, Bolsonaro divulgou um vídeo sobre o episódio e imagens da mulher que o abordou. 

Por Mônica Bergamo (Está na Folha desde abril de 1999. Na coluna, aborda diversas áreas, entre elas, política e coluna social.)

Bolsonaro se envolve em discussão em aeroporto (no ESTADÃO)

Segundo a assessoria do deputado, ele foi abordado por uma mulher enquanto se preparava para embarcar para Brasília

RIO DE JANEIRO - O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) precisou se ‘refugiar’ dentro de um dos banheiros do aeroporto de Congonhas para escapar de uma mulher que o abordou e chegou a sentar no chão para impedi-lo de passar. Após reunião com empresários em São Paulo na manhã desta terça-feira, 3, o deputado federal viajava em direção à Brasília.

A mulher, que não foi identificada, gritava e afirmava que o deputado teria de ouvi-la porque ela era “a voz do povo” e que aquele era “seu direito como cidadã”. Imagens divulgadas no canal do YouTube do filho do parlamentar, o também deputado federal Eduardo Bolsonaro, mostraram a mulher sendo contida por homens, na porta do banheiro masculino.

Dentro do banheiro, Bolsonaro chegou a tirar selfies com simpatizantes. Quando a mulher tentou entrar no banheiro masculino, ela foi impedida por outros homens, que cobravam a chegada de seguranças do aeroporto. Outras mulheres que estavam no aeroporto tentaram tirá-la da confusão.

As imagens divulgadas são bem diferentes daquelas que o próprio pré-candidato costuma postar em suas redes sociais sendo recebido por simpatizantes em aeroportos.

Ao chegar em Brasília, Bolsonaro afirmou que a mulher estava em “estágio de embriaguez”. “Ela não aguentava ficar em pé. Começou a deferir insultos contra minha pessoa. Fui para o banheiro masculino para não ter contato com ela”, disse.

Antes do incidente, Eduardo postou um vídeo de seu desembarque em São Paulo, no momento em que um grupo de mulheres o cercou para tirar fotos, com a legenda irônica “cenas fortes de machismo". (por Constança Rezende, O Estado de S.Paulo).

Bolsonaro se esconde no banheiro em Congonhas (O Antagonista)

Jair Bolsonaro teve que se esconder no banheiro do aeroporto de Congonhas para escapar de uma passageira que tentou cercá-lo na sala de embarque enquanto o xingava de “lixo”, relata a Folha.

O presidenciável se preparava para embarcar num voo para Brasília, hoje à tarde. A mulher chegou a se jogar no chão, preocupando outros passageiros presentes.

Bolsonaro falou ao jornal e confirmou o episódio. “A senhora se aproximou, pelo que tudo indica, bastante embriagada, se encostando. Eu saí de perto, é lógico. Ela chegou a cair no chão sozinha.”

“Lamento o ocorrido. E lamento que não havia pessoa adequada no aeroporto para resolver o assunto”, acrescentou o deputado.

O PT e a ‘batalha da comunicação’ (em O Antagonista)

O PT tem distribuído para a sua militância “uma cartilha para orientar os veículos de comunicação progressistas sobre os desafios atuais”.

O documento traz artigos de gente como Franklin Martins e Marilena Chauí.

“Esse material é fruto do esforço coletivo do PT, da CUT, do Instituto Lula, da Fundação Perseu Abramo, da Rede Brasil Atual, da TVT, do Brasil de Fato e da militância para debatermos a democratização dos meios de comunicação e unificarmos nossa força comunicativa na disputa de uma outra narrativa sobre a conjuntura política e o golpe em curso no Brasil”, diz Carlos Árabe, responsável pela comunicação do PT.

No fim do documento, o texto cita Che Guevara.

“A batalha da comunicação é fundamental porque atravessa todas as batalhas. Por isso, travamos, lembrando Che, duas, três, muitas batalhas.”

Campanha presidencial será disputa por medo e fúria do eleitor (opinião de Bruno Boghossian, na FOLHA)

Em 2006, Felipe Calderón se tornou presidente do México ao provocar medo nos eleitores. O publicitário Antonio Sola criou uma campanha que dizia que o esquerdista Andrés Manuel López Obrador era perigoso e levaria o país à ruína. Calderón venceu por 233 mil votos, sob acusações de fraude nas urnas.

O antigo marqueteiro de Calderón passou os últimos cinco meses anunciando que, em 2018, López Obrador seria eleito. “Agora, a emoção predominante é a ira. E a ira é muito mais forte do que o medo”, declarou Sola ao jornal The New York Times.

A onda mundial de desencanto com a política mexeu com os sentimentos do eleitorado. Em muitos países, a fúria contra o sistema superou o receio de apostar em propostas que poderiam parecer arriscadas em tempos de serenidade.

Foi assim no “brexit”, quando os eleitores britânicos ignoraram o perigo de isolamento, votaram em protesto contra as políticas vigentes e decidiram sair da União Europeia.

O mesmo recado foi dado nos EUA em 2016: os americanos desprezaram Hillary Clinton, que acusava Donald Trump de ser “temperamentalmente inapto” para ser presidente. Os eleitores gostaram mais do discurso do candidato republicano contra o establishment e toparam arriscar.

O Brasil experimentou reações diversas aos apelos emocionais do marketing eleitoral. Em 2002, nem a atriz Regina Duarte conseguiu convencer apoiadores de Lula de que eles deveriam temê-lo. Triunfante, o petista discursou dizendo que a esperança havia vencido o medo.

Doze anos depois, o PT derrubou Marina Silva do segundo turno ao sugerir que sua eleição representaria uma vitória de banqueiros e tiraria comida da mesa dos mais pobres.

Na campanha deste ano, o medo e a fúria parecem estar em conflito. Embora a ira contra a corrupção seja grande, o favorito de 30% dos eleitores ainda é Lula, que foi condenado pela Justiça. Atrás dele vem Jair Bolsonaro (PSL), cujos apoiadores desconsideram os alertas sobre as posições radicais do militar da reserva. (Bruno Boghossian aborda temas da política nacional. Jornalista já integrou a equipe do "Painel" e foi repórter de política e economia/Folha de S. Paulo)..

PT começa a montar estrutura da campanha ao Planalto (no ESTADÃO)

BRASÍLIA - Mesmo com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva preso, em Curitiba, condenado pela Lava Jato, a cúpula do PT começou a montar a estrutura de campanha do petista ao Planalto nas eleições 2018 e só vai partir para o chamado “Plano B” no último minuto.

LulaA Executiva Nacional do PT se reuniu em Brasília e aprovou os nomes indicados por Lula para a coordenação da campanha. Foto: Lalo de Almeida/The New York Times

O ex-presidente da Petrobrás José Sergio Gabrielli será o coordenador-geral da campanha do PT e o ex-ministro Ricardo Berzoini ficará responsável pelas finanças. O time será integrado, ainda, pelo presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, e pelos ex-ministros Luiz Dulci e Gilberto Carvalho.

 

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad continua no comando do programa de governo e é, até agora, o nome mais cotado para assumir a vaga de candidato ao Planalto, caso Lula seja impedido de entrar na disputa por causa da Lei da Ficha Limpa. Oficialmente, no entanto, essa discussão é vetada no partido.

Justiça

 

A Executiva Nacional do PT se reuniu nesta terça-feira, 3, em Brasília, e aprovou os nomes indicados por Lula para a coordenação da campanha. Na ocasião, a senadora Gleisi Hoffmann (PR), presidente da sigla, leu uma carta escrita por ele com críticas ao relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, e ao juiz Sérgio Moro.

++ PSB recua e Lídice da Mata aceita ser candidata a deputada federal pela Bahia nas eleições 2018

“Já não há razões para acreditar que terei Justiça”, escreveu Lula. “Se não querem que eu seja presidente, a forma mais simples de o conseguir é ter a coragem de praticar a democracia e me derrotar nas urnas”, completou. Para Lula, o seu processo foi permeado por “manobras” para tirá-lo do páreo.

Coordenador financeiro da campanha petista, Berzoini disse ao Estado que o PT não fará aliança com Ciro Gomes (PDT) porque ele adotou um programa com “posições privatistas”. Afirmou, ainda, haver hoje uma distância “irreconciliável” com o pré-candidato do PDT, que foi ministro da Integração Nacional no governo Lula. “O problema não é com Ciro, mas com certas linhas programáticas adotadas por ele, como, por exemplo, em relação à Previdência Social”, argumentou.

++ ONGs apresentam ‘programas’ para os presidenciáveis

Embora o PSB esteja mais próximo de Ciro, Berzoini disse acreditar em um acordo com o partido. “Diferentemente da última eleição, nosso programa tem nitidez à esquerda. E é importante que a esquerda dialogue sobre o que está acontecendo no País e o que significa construir consensos, tanto sobre o candidato como em relação à questão programática”, afirmou Berzoini, também fazendo um aceno ao PCdoB. A pré-candidata do PCdoB à Presidência é Manuela d’Ávila, mas uma ala do partido prefere fazer um acordo com Ciro.

Página de Jair Bolsonaro, no facebook

- A Folha de São Paulo diz que fui xingado por eleitores no aeroporto de Congonhas.

- A farsa do mau jornalismo é desmontada pelas imagens.

- Uma senhora, em possível estado de embriaguez, dá seu show particular.

...Ver mais
34015523_1108243369324648_79733954640431
Pausar
-3:51
Configurações visuais adicionais
Entrar em modo Assistir e rolarClique para aumentar
Reativar
298 mil visualizações

- Para FHC, que é contra a prisão de Lula, democracia é quando seus amigos estão se locupletando no poder, e ditadura quando a oposição ameaça chegar ao governo pelo voto.

35996611_1105935612888757_74110328817592
Reproduzir
-0:50
Configurações visuais adicionais
Entrar em modo Assistir e rolarClique para aumentar
Reativar
Fonte: Folha/Estadão/O Antagonista

6 comentários

  • Alberto Ap. Pereira Nhandeara - SP

    A FOLHA e seus COMENTARISTAS sempre foram LULA. Sempre, sempre, sempre. CEGAMENTE., infelizmente

    0
    • CARLO MELONISAO PAULO - SP

      CEGAMENTE NAO !!!! A Folha ajuda o PT na manipulaçao de dados e noticias (porque recebeu financiamentos do governo do PT)... Esse tipo de ligaçao nao e' novidade no meio politico... O regime militar financiou a editora Abril e este foi o motivo para que a editora licenciasse o Mino Carta por seus artigos esquerdistas... O Mino arruinou a sua trajetoria por professar ideias que hoje ele entendeu serem erradas...

      1
  • Gilberto Tannure -

    Os meios de comunicação querem o que? a MORDAÇA QUE A ESQUERDA VAI BOTAR NELES ASSIM QUE ASSUMIR O PODER. SÃO BURROS!! O COMUNISMO É O FIM DE TUDO, PRINCIPALMENTE DA LIBERDADE DE IMPRENSA.

    2
    • OSMAR MARTINSSANTOS - SP

      A retardada que fez o artigo não consegue perceber que está dando um tiro no pé, ela acha que por fazer parte da matilha não será atacada... Ledo engano, pois eles só deixam se expressar aqueles que falam bem deles, se criticar, pau neles. Muito burra.

      1
  • Enoch Filho -

    Contra nazista todo castigo é pouco.

    31
  • Animus Ferrandi Fênix - PR

    A verdade é uma só, essa raça escrota petista e seus puxadinhos estão todos desesperados pra terem uma reação errada do BOLSONARO, mas ele já provou o contrário, ele não é igual os esquerdistas malditos que só sabem mentir, roubar, e denegrir as pessoas de bem, CHEGA DE PETISMO NO BRASIL, E VOLTA A FAMÍLIA BRASILEIRA, A PAZ SOCIAL, E O USO CORRETO DO DINHEIRO PÚBLICO.....

    2
  • Inácio Santos -

    nós estamos perto de acabar com essa midia nojenta.... bolsonaro/2018

    2
    • TIAGO GOMESGOIÂNIA - GO

      Bolsonaro e Lula, os perseguidos pela grande imprensa! É isso mesmo? Pelo menos é o que dizem os militantes dos dois lados.

      15
    • ELTON SZWERYDA SANTOSHORTOLÂNDIA - SP

      O Lula se é perseguido é porque deu motivos, está preso, foi condenado por corrupçao....; já o bolsonaro é perseguido por ameaçar o sistema corrupto vigente no pais, em todos os niveis sociais, inclusive jornalisticos!!

      7
    • TIAGO GOMESGOIÂNIA - GO

      Prezado Elton muito me admira o quanto você e outros personificaram em Bolsonaro a esperança de se encontrar um salvador da pátria. Bolsonaro ameaça o sistema corrupto vigente no país? Em mais de 26 anos esquentando a bunda como congressista o que ele fez para ameaçar esse sistema corrupto? Não vale dizer que ele fez videos raivosos para redes sociais, isso não adianta absolutamente nada, é apenas remedinho para manobrar a massa.

      25
    • ELTON SZWERYDA SANTOSHORTOLÂNDIA - SP

      Tiago, não fique admirado, entenda que o apoio ao Bolsonaro, como a unica possibilidade de sobrevivermos À insegurança publica atual, e a corrupçao estabelecida, bem como é o unico anti-pt, o resto a gente mesmo resolve!!

      3
    • FRANCISCO LOPESCAMBÉ - PR

      BOLSONARO NELES...FORA CORRUPTOS. QUERO UM BRASIL PASSADO A LIMPO, COM TOLERÂNCIA ZERO PARA A CORRUPÇÃO E COM PRIORIDADE 100% PARA A SAUDE, EDUCAÇÃO E RESGATE DOS VALORES CÍVICOS E MORAIS. AVANTE BOLSONARO... A VITORIA É NOSSA, É DO BRASIL...

      0
  • Osmar Martins Santos - SP

    A "jornalista" Monica Bérgamo deve ter se identificado com essa mulher..., talvez tenha vontade de fazer a mesma cena, mas carece de coragem para isso..., então repercute esse incidente lamentável insinuando que o candidato fugiu da mulher..., para ela, como Bolsonaro evitou o embate, ele teria sido covarde, se tivesse reagido seria machista, ou seja tudo seria motivo para para a doidivanas tentar denegrir a imagem dele..., uma vergonha essa imprensa infiltrada e esquerdopata.

    0
    • EDMILSON JOSE ZABOTTPALOTINA - PR

      Está já é uma tática dos desesperados ( PT, Centrão comandado pelo FHC e demais bandidos desta política podre que se implantou no Brasil ). Esta atitude é a primeira de tantas que virão contra o Bolsonaro. O desespero bateu ... agora é usar táticas covardes as mesmas utilizadas em campanhas anteriores ( pesquisas eleitorais etc.) A hora desta bandidagem chegou. Podem se unir Vermelhos e o Centrão do FHC . É aceitar que vai doer menos .

      4
    • OSMAR MARTINSSANTOS - SP

      Vendo o vídeo, percebi que a mulher começou a xingar o Bolsonaro em castelhano, é terrorista importada pela esquerdalha, não estava bêbada, apenas representando um triste papel, vi também que quando ela adentrou o banheiro masculino e tentavam coloca-la para fora, apareceu uma comparsa dizendo que ninguém iria colocar a mão na pilantra... O que causou espanto foi o sumiço da segurança do aeroporto, assim como ela teve acesso para molestar o candidato, poderia estar armada e ter disparado contra ele..., deu pinta de ser terrorista importada de Cuba ou puxadinhos, essa gente está aqui para tudo, se verem que estão derrotados não titubearão em assassinar o opositor, não esqueçamos de Celso Daniel, Toninho do PT etc. a líder da gang foi ladra de banco, terrorista e assassina, essa gente não tem escrúpulos para conseguir o que querem. Bolsonaro terá que pedir a identificação da mulher, daquela que veio defende-la, e fortalecer seu esquema de segurança, pedindo garantia de vida à Polícia Federal.

      4
    • ELTON SZWERYDA SANTOSHORTOLÂNDIA - SP

      Caramba, o Bolsonaro nao pode nem ir ao banheiro???!!! A Monica, da Folha, nao perdeu a chance de aparecer na midia e conseguiu, todos nós estamos falando dela (mal, é claro)!!

      0