No Estadão: Bolsonaro e Haddad descartam convocar nova Constituinte

Publicado em 09/10/2018 08:13
40 exibições

No primeiro dia de campanha após a definição do primeiro turno, Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) descartaram nesta segunda-feira, 8, a possibilidade de, se eleitos, convocarem uma nova Constituinte. Os presidenciáveis participaram de entrevistas no Jornal Nacional, da TV Globo. 

Ao falar sobre o assunto, o petista recuou da proposta que consta do programa de governo que ele próprio coordenou. Bolsonaro, por sua vez, desautorizou o vice em sua chapa, o general da reserva Hamilton Mourão, que chegou a defender a elaboração de uma nova Constituição por “notáveis”, sem a necessidade de “eleitos pelo povo”.

Leia a notícia na íntegra no site do Estadão.

Fonte: Estadão

Nenhum comentário