Índices acionários chineses fecham em queda com dados de inflação ao produtor

Publicado em 16/10/2018 07:32
31 exibições

LOGO REUTERS

XANGAI (Reuters) - Os índices acionários da China reverteram os ganhos iniciais e fecharam em queda nesta terça-feira após dados mostrarem que a inflação ao produtor do país desacelerou pelo terceiro mês consecutivo em setembro em meio à diminuição da demanda doméstica, sinalizando mais pressão sobre a segunda maior economia do mundo.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,8 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,85 por cento.

A inflação ao produtor na China desacelerou pelo terceiro mês seguido em setembro em meio à fraqueza da demanda doméstica, indicando mais pressão sobre a segunda maior economia do mundo no momento em que permanece travada em uma guerra comercial com os Estados Unidos.

Para aumentar as preocupações, um relatório do S&P Global Ratings disse que os pedidos de empréstimos fora de balanço pelos governos chineses locais podem chegar a 40 trilhões de iuanes (5,78 trilhões de dólares) e equivalem a um "iceberg de dívidas com riscos de crédito titânicos".

As preocupações com a crescente tensão entre a Arábia Saudita e o Ocidente também alimentava as preocupações geopolíticas.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 1,25 por cento, a 22.549 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,07 por cento, a 25.462 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,85 por cento, a 2.546 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,81 por cento, a 3.100 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve estabilidade, a 2.145 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,81 por cento, a 99.981 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,38 por cento, a 3.034 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,56 por cento, a 5.869 pontos.

Fonte: Reuters

Nenhum comentário