Futuros do aço recuam na China após dados de produção e de economia mais fraca

Publicado em 19/10/2018 09:10
31 exibições

LOGO REUTERS

Por Manolo Serapio Jr

MANILA (Reuters) - Os preços do aço na China fecharam em queda nesta sexta-feira após dados mostrarem que a produção diária no maior produtor de aço do mundo atingiu um recorde em setembro e que a economia chinesa desacelerou para o ritmo mais fraco desde 2009.

O aumento na produção de aço ocorreu no momento em que as usinas se aproveitam dos fortes preços antes de restrições de produção durante o inverno na China, à medida que o país busca combater a poluição.

O vergalhão de aço para janeiro na Bolsa de Futuros de Xangai <SRBcv1>, o mais negociado, fechou em queda de 2,4 por cento, a 4.055 iuanes (585 dólares) por tonelada.

A produção de aço na China atingiu 80,85 milhões de toneladas no mês passado, acima dos 80,33 milhões de toneladas de agosto e de 71,83 milhões de toneladas em setembro de 2017, segundo dados do governo.

Também pesando sobre os preços, a economia chinesa cresceu menos do que o esperado no terceiro trimestre, com 6,5 por cento ante igual período do ano passado, marcando sua expansão mais fraca desde a crise financeira global em meio a uma guerra comercial com os Estados Unidos.

Os preços das matérias-primas de aço também diminuíram. O minério de ferro mais negociado na Bolsa de Mercadorias de Dalian <DCIOcv1> caiu 1,6 por cento, para 515 iuanes por tonelada.

Fonte: Reuters

Nenhum comentário