No Estadão: Site mente ao afirmar que Bolsonaro é investigado por ‘dinheiro sujo’ na campanha

Publicado em 22/10/2018 11:01 e atualizado em 22/10/2018 12:03
157 exibições

A checagem abaixo foi publicada pelo Projeto Comprova. A verificação foi realizada por uma equipe de jornalistas da Folha de S. Paulo e do SBT. Outras redações concordaram com a checagem, no processo conhecido como “crosscheck”.

O Projeto Comprova é uma coalizão de 24 veículos de mídia com o objetivo de combater a desinformação durante o período eleitoral. Você pode sugerir checagens por meio do número de WhatsApp (11) 97795-0022.

É falso o título “Procuradoria investiga dinheiro sujo na campanha de Bolsonaro”, de post publicado no site Plantão Brasil no último dia 11 de outubro. O texto é uma cópia de reportagem publicada no mesmo dia pelo Estado, mas com o título alterado.

A PR-DF (Procuradoria da República no Distrito Federal) investiga o economista Paulo Guedes, responsável pelo programa econômico da candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) e cotado para ser ministro da Fazenda em caso de vitória. Até o momento, no entanto, o presidenciável não foi citado na apuração.

Leia a notícia na íntegra no site do Estadão.

Fonte: Estadão

Nenhum comentário