Ibope mostra que crescimento de Bolsonaro parece ter chegado ao fim, diz O GLOBO

Publicado em 24/10/2018 05:01 e atualizado em 25/10/2018 11:44
4025 exibições
Análise: Autoritarismo e falta de clareza têm peso (por Paulo Celso Pereira, de O GLOBO)

RIO — A pesquisa Ibope divulgada na noite de ontem mostra que a onda de crescimento de Jair Bolsonaro, iniciada nos dez dias que antecederam o primeiro turno, parece ter chegado ao fim. A queda de dois pontos — no limite da margem de erro — na intenção de votos entre a semana passada e esta foi puxada pelo crescimento de cinco pontos percentuais em sua rejeição — e pela redução no percentual de eleitores que não tinham mais dúvidas em apoiá-lo.

Motivos para o incômodo do eleitorado não faltam. Nos últimos dias, veio a público o vídeo em que Eduardo Bolsonaro, filho do presidenciável e deputado mais votado do país, fala em fechamento do Supremo. Domingo, o próprio candidato a presidente discursou falando em banir ou prender adversários e atacou a “Folha de S.Paulo", após o jornal afirmar que empresas comprariam pacotes de distribuição em massa de mensagens contra o PT, violando a lei eleitoral.

O problema do líder nas pesquisas, no entanto, não se restringe aos arroubos autoritários, mas também à opção por não participar de qualquer debate ou sabatina. Do alto de seu amplo favoritismo, Bolsonaro pede um cheque em branco à população sem dizer o que pretende fazer em praticamente nenhuma área. A cinco dias do pleito, não se sabe, por exemplo, suas propostas objetivas para temas centrais do país como educação, saúde, Previdência, privatizações ou reforma tributária.

À imagem de novidade, o candidato agregou dois outros elementos que o ajudaram a cair nas graças de parte significativa do eleitorado: o antipetismo e um duro discurso de combate à violência crescente no país.

Apesar das flutuações na sondagem de ontem, ainda é difícil uma virada para Haddad. Do total de eleitores entrevistados, exatamente metade diz que votará no capitão reformado, contra 37% que são favoráveis ao petista. Além disso, a rejeição do ex-prefeito de São Paulo, embora em queda, ainda é elevada — 41%, contra 40% de Bolsonaro. Na última pesquisa Ibope antes do primeiro turno, os índices de rejeição do capitão reformado era de 43% contra 36% do adversário.

A pesquisa não é suficiente para animar o PT, mas deveria ao menos conter o ânimo dos bolsonaristas. Ontem, seu grupo político o recebeu na casa do empresário Paulo Marinho com um churrasco, com direito até a apresentação de músicos tocando violoncelo. Apesar do franco favoritismo, vale a pena não esquecer o velho ditado: “Eleição e mineração, só depois da apuração”.

“A rejeição ao petismo não é sensível a argumentos”

Jair Bolsonaro seria eleito mesmo que ele tivesse dezoito filhos, porque o antipetismo resiste a tudo.

Diz o Estadão sobre a pesquisa do Ibope:

“Tão cristalina quanto a enorme rejeição ao bolsonarismo, por causa de seu discurso virulento e ofensivo às instituições, é a incapacidade petista de dialogar com a maioria do eleitorado, bem como de mobilizar a elite política centrista e de esquerda em defesa de sua candidatura. A rejeição ao petismo não é sensível a argumentos.”

14 pontos ou 20? (O Antagonista)

As pesquisas – todas elas – mostram que Jair Bolsonaro já está eleito.

A da Crusoé, na sexta-feira, vai funcionar como as que fizemos anteriormente, como uma espécie de tira-teima: 14 pontos de vantagem ou 20?

Mentirosos contumazes (Mourão foi acusado falsamente de torturador por Lula/Haddad)

Cantor Geraldo Azevedo disse que foi torturado em 1969 pelo general Mourão quando este tinha 16 anos, Lula/Haddad repetiu a mentira duas vezes e ambos reconheceram o erro, mas insistiram nele.

Após dias reclamando de ser alvo de “fake news” por parte da campanha de Jair Bolsonaro, Fernando Haddad pisou na bola. Nesta terça-feira, 23, o petista espalhou a história de que o vice do candidato do PSL, general Hamilton Mourão, tinha sido um dos torturadores do cantor Geraldo Azevedo. Só que na época Mourão tinha 16 anos e nem era membro do exército. Ao menos na pesquisa Ibope nem tudo foi um desastre para o ex-prefeito de São Paulo. Bolsonaro oscilou dois pontos para baixo e viu sua rejeição crescer cinco pontos. Haddad oscilou dois pontos para cima e viu sua rejeição cair seis pontos porcentuais. Na campanha do PSL, ainda existem muitas dúvidas sobre as medidas efetivas para economia, mas uma grande certeza: o compromisso fiscal de Paulo Guedes.

Análise de O Globo:

Erro de Haddad abala tática petista de culpar 'fake news' por desvantagem

RIO - Ao repetir sem checar uma acusação grave, e que se provou falsa, Fernando Haddad cometeu um erro que abala sua principal estratégia na reta final do segundo turno. Nos últimos dias, o candidato do PT à Presidência vinha creditando a vantagem de Jair Bolsonaro a uma indústria maciça de "fake news". A distância de 20 milhões de votos do capitão reformado seria, única e exclusivamente, pelas mentiras espalhadas por seus partidários. Como insistir nisso depois de propagar, ele mesmo, uma notícia falsa?

Agora, toda vez que Haddad reclamar do massacre de notícias falsas contra sua campanha, partidários do adversário do PSL já têm pronta a resposta: quem espalha "fake news" é o petista, que acusou, injustamente, o general Hamilton Mourão de ser um torturador durante a ditadura militar.

O erro estratégico denota, também, o grau de pressão e de exaustão no quartel-general petista. A acusação a Mourão foi deliberada e repetida por Haddad na sabatina promovida pelos jornais O GLOBO, Extra, Valor Econômico e a Revista Época, com o objetivo de obter repercussão: "Deveria estar em todas as primeiras páginas amanhã", disse o candidato.

Mas bastou uma busca no Google, assim que a frase foi dita, para mostrar a inconsistência da afirmação. Mourão tinha 16 anos à época em que o cantor Geraldo Azevedo foi barbaramente torturado - e as sevícias a que foi submetido são verdades comprovadas, é bom destacar. Uma acusação dessa gravidade, feita por um político que luta contra as fake news, jamais poderia ter sido feita com leviandade.

Em pouco mais de uma hora, a máquina de checagem do jornalismo profissional entrou em ação, e o erro estava esclarecido: Mourão afirmou que ainda estava no colégio, e Geraldo Azevedo disse que se equivocou e pediu desculpas pelo seu erro.

O equívoco do cantor pode ter acontecido de boa fé, ao contrário das fake news clássicas, criadas para desinformar. Mas ao ter sua repercussão ampliada contribuiu ainda mais para quem aposta na confusão de informações.

A situação eleitoral de Haddad antes do episódio já era delicada. As pesquisas praticamente não se alteraram desde o começo do segundo turno, com larga vantagem para Bolsonaro. Sua principal e última aposta dos últimos dias, de creditar a desvantagem a uma tática suja de fake news do adversário, sofreu um enorme baque com o erro desta terça-feira.

Haddad: ‘Bolsonaro deve ser varrido da face da terra’ (BR18/ESTADÃO)

Fernando Haddad, Gleisi Hoffmann e o PT criticaram duramente o presidenciável Jair Bolsonaro por ter afirmado que iria “varrer do mapa os bandidos vermelhos” e prometeram recorrer à Justiça contra ele, por incitação e apologia ao crime e a perseguição de grupos.

Na noite de segunda-feira, 22, porém, em ato em favor de sua candidatura de Haddad ao Planalto, o petista afirmou, segundo o Estadão: “Bolsonaro é um anti ser humano. É tudo que precisa ser varrido da face da terra”. Para a turma do PT, a indignação é seletiva e o que vale para o adversário, considerado “pior que Hitler”, não vale para eles. O “ódio do bem”, claro, está liberadopara os petistas e seus aliados. / J.F.

Exageros à parte, por JOSÉ NÊUMANNE, no ESTADÃO

STF se ofendeu com gabola Eduardo Bolsonaro, mas não se queixou do criminoso Dirceu, que beneficiou ao soltá-lo. Foto: Eduardo Bolsonaro/Twitter

Exageros à parte, como definir a reação do Supremo Tribunal Federal à piada do deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho de Jair Bolsonaro, de que não precisaria de mais do que um soldado e um cabo para fechá-lo? Nada muito menos do que ridículo nem muito mais do que torpe. Afinal de contas, que moral o presidente Toffoli tem para tentar enquadrar o rapaz, que não tem contas a pagar na polícia nem na Justiça, se ele próprio nada reclamou de seu ex-chefe José Dirceu quando este, solto por ordem da Segunda Turma confirmando decisão monocrática dele próprio, mesmo tendo a cumprir 30 anos e meio de cadeia, afirmou sem medo de ser feliz que o Brasil não precisa de Judiciário.

Gleisi: ‘Tiraremos Lula da cadeia’

Fernando Haddad tem respondido com frequência que não irá conceder nenhum tipo de benefício para livrar Lula de cumprir a pena imposta pela Lava Jato e confirmada pelo TRF-4. Mas a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, vai na direção oposta sobre o real desejo do partido sobre o tema. No final de uma “live” realizada no Facebook da senadora, a petista encerra afirmando: “Nós tiraremos Lula da cadeia”.

A língua do povo (O Antagonista)

Mano Brown estragou a festa de Fernando Haddad no Rio de Janeiro.

Em seu discurso, ele analisou a derrota petista:

“Se não está conseguindo falar a língua do povo vai perder mesmo. Falar bem do PT para a torcida do PT é fácil”.

Quando ele foi vaiado, Caetano Veloso defendeu-o:

“Eu acho que a fala de Mano Brown é muito importante porque traz a complexidade do nosso momento. A mera festa pode parecer que temos uma mensagem simples a passar. O Brasil tem sido bombardeado há algumas décadas por uma imbecilização planejada em que filósofos têm dito palavrões para acostumar a mente brasileira à ideia de que o cafajeste é que nos representa. Temos que negar isso dentro de nós – não só nós que estamos aqui, que já lutamos contra isso, mas encontrar meios de dizer àqueles que se deixaram hipnotizar por essa onda. Eu estou aqui por isso, em parte como vocês, em parte como Mano Brown.”

Sim, Caetano, essa é a verdadeira língua do povo.

VÍDEO: “Não vim aqui para ganhar voto”, diz Mano Brown

Cid Gomes fez escola.

Como registramos, Mano Brown estragou a festa de Fernando Haddad no Rio de Janeiro. E disse que não é pessimista, mas, sim, realista.

Assista ao discurso completo do rapper, que já está sendo chamado de “fascista” por petistas na internet.

Vale a pena ver a reação de Manuela D’Ávila, Guilherme Boulos e companhia no palco.

O mercado de Mano Brown

O mercado financeiro está igual a Mano Brown.

A aposta, nesta quarta-feira, é 60 a 40.

Susto benéfico, por MERVAL PEREIRA, em O GLOBO

A manutenção de distância confortável do candidato Jair Bolsonaro a quatro dias da eleição presidencial mostra como os votos cristalizados dos dois candidatos praticamente impedem uma reviravolta na reta final, a não ser que algo inacreditável aconteça. Em vez de uma bala de prata, o PT gastou várias, e nenhuma acertou o alvo.

 Mas balançaram a antes inabalável situação de Bolsonaro: o número de pessoas que não votariam nele aumentou, superando os que votarão com certeza. E diminuiu a rejeição ao candidato petista. Embora a diferença esteja na margem de erro, é uma boa nova para Haddad, oferecida pelo próprio adversário e os seus, que continuam sendo os principais adversários deles mesmos.

 O suposto escândalo das mensagens inverídicas de WhatsApp, baseado em uma denúncia jornalística inepta, acabou sendo soterrado pelo próprio candidato petista Fernando Haddad, que se precipitou em divulgar uma fake news de primeira grandeza: avalizar a denúncia de que o general Mourão foi um torturador.

A denúncia fake deveu-se ao cantor Geraldo Azevedo, que disse em público, irresponsavelmente, que o General Mourão, vice de Bolsonaro, fora um de seus torturadores em 1969. O fato de o General ter apenas 16 anos na ocasião desmontou a alegação, que depois foi corrigida pelo próprio cantor.

O problema causado pela denúncia do jornal Folha de S. Paulo não justifica, porém, os arroubos retóricos de Bolsonaro em mensagem enviada aos manifestantes na Avenida Paulista, que revelam uma preocupante visão autoritária da relação de imprensa com o mandatário de um país.

O mesmo destempero que acomete o presidente Trump nos Estados Unidos – a quem Bolsonaro parece querer imitar – e o ex-presidente Lula. Os três líderes populistas aproveitam sua popularidade para incitar os militantes e apoiadores contra os órgãos de imprensa que os vigiam.

O papel da imprensa é justamente este, ser o vigia da sociedade.O presidente americano Thomas Jefferson entendeu que a imprensa, tal como o cão de guarda, deve ter liberdade para criticar e condenar, desmascarar e antagonizar.

Os petistas assumiram postura autoritária, exigindo em discursos inflamados, não apenas a anulação da eleição como a censura ao WhatsApp pelo menos até o fim do segundo turno. É inacreditável que o PT exija atitudes drásticas apenas com base em uma denúncia de jornal, sem que as autoridades abram investigações.

Até agora, os petistas desacreditavam as denúncias de jornal contra os seus, e, principalmente o ex-presidente Lula, e criticavam o que chamavam de rito sumário das decisões da Justiça na Operação Lava Jato. Anular uma eleição é decisão gravíssima que, como destacou a presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, não pode ser tomada fora do tempo da Justiça “que não é o tempo da política”.

A percepção de parte da sociedade de que seu filho não tirou da cabeça a ameaça de fechar o Supremo, mas retratou um pensamento do próprio Bolsonaro, deu ares de verdade à ameaça, lastreada por pronunciamentos anteriores do candidato, igualmente destrambelhados.

O ainda candidato Bolsonaro, que acha que está com uma mão na faixa presidencial, terá que, além de fechar a boca e a de seus próximos, convencer-se de que o país não aceita um governo autoritário, nem bravatas retóricas que coloquem em risco a democracia.

Dificilmente a diferença que separa Bolsonaro de Haddad será descontada a tempo, mas a redução da distância, que deve ser confirmada ainda nesta semana pelo Datafolha, é um aviso de que o presidente, por mais votos que tenha, não tem um cheque em branco da sociedade.     
 

 

Fonte: O Globo/Estadão/O Antagonista

2 comentários

  • Eder Oliveira -

    ESTES SÃO OS SENHORES DA MORALIDADE. EXEMPLO DE "HONESTIDADE".
    SENHORES DA VERDADE ABSOLUTA. MAS QUE NA VERDADE TEM APENAS O CARÁTER DUVIDOSO E COMPORTAMENTO HIPÓCRITA. ASSIM COMO SEUS ELEITORES:!


    VOCÊ SABIA?

    VOCÊ SABIA? Que a Constituição Federal, no seu Art. 142, estabelece que as Forças Armadas, , são instituições nacionais com base na hierarquia e sob a autoridade suprema do Presidente da República, e DESTINAM-SE À DEFESA DA PÁTRIA. Que é PROIBIDO DE PARTICIPAR DE ATIVIDADES POLÍTICAS, de sindicalização e greve, as restrições a direitos e garantias fundamentais. Essas peculiaridades são desconhecidas pela maioria da população brasileira.

    VOCÊ SABIA? Que o regime de previdência militar das Forças Armadas, paga cerca de 370 mil benefícios Isso é bem menos que os outros sistemas nacionais. O INSS, dos contribuintes da iniciativa privada, paga mais de 28 milhões de benefícios. Para os servidores públicos civis, são cerca de 3 milhões.

    VOCÊ SABIA? Que apesar da previdência militar das Forças Armadas ser a menor, ela corresponde a 16 vezes mais no rombo da Previdência que segurado do INSS.

    VOCÊ SABIA? Que o chamado déficit per capita anual dos militares ficou em R$ 99,4 mil no ano passado, contra R$ 6,25 mil no INSS

    VOCÊ SABIA? Que os integrantes da previdência militar das Forças Armadas NÃO CONTRIBUEM PARA A PREVIDÊNCIA. Toda a contribuição é feita pela União

    VOCÊ SABIA? Que os descontos feitos nos pagamentos de militares (7,5 %) são para CUSTEAR PENSÕES que são pagas a familiar em caso de morte

    VOCÊ SABIA? Que as polêmicas pensões pagas a filhas de militares solteiras NÃO FORAM EXTINTAS. Na verdade, elas pararam de ser concedidas em 2000 e atualmente só recebem o benefício quem o adquiriu antes dessa data.

    VOCÊ SABIA? Que EXISTE ASSISTÊNCIA gratuita aos filhos e dependentes desde o nascimento até 5 (cinco) anos de idade em creches e pré-escolas.

    VOCÊ SABIA? Que o tesouro nacional, assegura gratuitamente aos militares a assistência médico-hospitalar para si e seus dependentes, abrangendo serviços profissionais médicos, farmacêuticos e odontológicos.

    VOCÊ SABIA? Que NÃO EXISTE IDADE MÍNIMA DE APOSENTADORIA e vão para a reserva com 30 anos de serviço e não tem contribuição

    VOCÊ SABIA? Que o Brasil não tem nenhum país com RESTRIÇÕES DIPLOMÁTICAS. Portanto inexistem "INIMIGOS" EXTERNOS.

    Sendo assim, não há como negar que temos UMA CLASSE EXCLUSIVA DE COME QUIETA. E há anos.
    O mínimo que essa gente deveria fazer é RESPEITAR A CONSTITUIÇÃO: "proibido de participar de atividades políticas".

    45
    • SIMONE SANTOSMACEIó - AL

      Caro senhor EDER OLIVEIRA, Saiba que os militares das Forças Armadas ao se candidatarem a atividades políticas, são legalmente licenciados de suas funções, e que, em sua maioria, os candidatos já se encontram na reserva ou já estão reformados, igualando-se a civis. Saiba que a previdência militar das Forças Armadas é específica, não se comparando a dos civis, devido a própria natureza da atividade militar, a qual impõe-lhe obrigações e sacrifícios, inclusive a morte. Saiba que as pensões a serem pagas as filhas solteiras dos militares detentores do "direito adquirido", desde 1998, foram descontadas em parte do pagamento do titular em vida. Saiba que toda a assistência dada à família do militar, no tocante a creche e escola, é fruto de convênios efetuados com instituições dessa área, onde o militar tem desconto, mas paga. Saiba que todo militar do mundo tem direito a assistência médico-hospitalar para si e seus dependentes, abrangendo serviços profissionais médicos e odontológicos em clínicas e hospitais militares, mas que lhe são descontados parte dos gastos. Saiba que as Forças Armadas têm seus próprios planos de saúde para os seus militares e dependentes e que é pago obrigatoriamente pelo militar, utilizando ou não o seu sistema de saúde. Saiba que os militares, via de regra, ingressam cedo nos quartéis (por volta dos 18 anos) e trabalham por 30 anos ou mais, conforme a lei brasileira, passando à reserva, onde fica sujeito a retornar, em caso de necessidade, somente se aposentando aos 55 anos. Saiba que se os militares permanecessem em suas atividades até idade mais avançada, considerando a natureza rústica, insalubre e inóspita de suas atribuições, não conseguiriam desempenhar satisfatoriamente as suas funções, devido aos problemas de saúde inerentes à idade. Saiba que no Cap. II, Art. 142º, da Constituição de 1988, está definido que "As Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, são instituições nacionais permanentes e regulares, organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da República, e destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem." Saiba que "O Exército pode passar cem anos sem ser usado, mas não pode passar um minuto sem estar preparado", são palavras do nosso brilhante jurista Rui Barbosa, ditas numa época em que havia patriotismo. Saiba que essa classe de "come quieto" é paga para, exatamente, permanecer quieta, assegurando que os inimigos externos continuem inexistindo, enquanto internamente resguarda e garante o cumprimento dos direitos constitucionais. Sendo assim, os militares inativos (da reserva, reformados e licenciados) estão em seu pleno gozo do direito de "participar de atividades políticas".

      0
  • Arlindo Pontremolez Varalta Ibirarema - SP

    Ibope mostra que crescimento de Bolsonaro parece ter chegado ao fim, diz O GLOBO

    Incrivel como essa imprensa brasileira caiu de nível e segue caindo a cada matéria!!!
    O que menos importa a eles e a verdade .
    A imprensa libre , só esta libre para mentir e engañar os leitores , cabresteando a população nas paginas impressas a cada dia!!
    Esses meios de comunicação se transformaram em meios massivos de fazer dinheiro torcendo a verdade acobertados por sistema corrupto de algo que alguns ousam chamar de governo!!
    Que triste viver nestes tempos onde o poder da mentira e da corrupção sobrepassam em muito , valores simples como a honestidade , a família , a pátria!!
    Para esses disque jornais , os valores e a verdade são os que menos importam, contanto que amealhem mais zeros nas polpudas contas correntes !!
    A maldita lei do Gerson " tomar vantagem em tudo" e a unica lei que se obedece e vigora nesse país que esta podre desde a raiz !!
    Esse modus operandi cravou profundo sus raízes malignas nas estruturas da nossa nação.
    So existe um jeito de resolver esse problema é cortar essas raízes o mais profundo possível para que não haja nenhuma chance que rebrote!!!
    A nossa esperança esta que neste domingo Deus use um homem com " H " e não e Haddad não, para ser esse instrumento de corte que tanto precisamos !
    Que Deus salve a nossa Nação ¡!

    2
    • PAULO ROBERTO RENSIBANDEIRANTES - PR

      Imaginem o que vamos presenciar até o dia 28, domingo, dia da eleição. ... Se preparem, compre seus "DRAMIN" que vão ser situações de provocar vomito... ... Esses são os adversários que primam pela "democracia", cujas ações nos provocam reações repugnantes...

      1
    • DALZIR VITORIAUBERLÂNDIA - MG

      Caro Arlindo... as pesquisas desde o primeiro turno vem mostrando crescimento do Borsanada... acontece que o pt sempre foi aguerrido e mostrou isto mais uma vez... fora isto o borsanada e sua equipe vem fazendo uma serie de trapalhadas quase todo dia...junta-se a isto tudo e as pesquisas passam a captar isto em forma de opinião dos eleitores... e entra ai a fuga do debate... então as pesquisas mais uma vez me parecem certa... a mídia está no seu papel de captar a atenção do publico e só consegue desta forma... veja que a rejeição dos candidatos também se alterou..

      23
    • ARLINDO PONTREMOLEZ VARALTAIBIRAREMA - SP

      Estimado Dalzir ?..vc acredita nas pesquisas de opiniao do DATA FOICE & CIA ??? Vc cre que é seria uma instituicao que afirma que Bolsonaro tem 31% dos votos na sexta-feira e no domingo de manha tem 45%??? Só para fazer números rapidos ?eleitores brasileiros aprox,. 147 milhoes.... Dos que nao votaram ou anularam o voto digamos que sao aprox. 20% sobram 117 milhoes de eleitores. Cada ponto percentual representa 1.170.000 eleitores , ou seja o Data Foice se equivocou da sexta feira para o domingo nos eleitores do Bolsonaro em simples 19 milhoes brasileiros . Resumindo o Data Foice " se equivocou" , leia se e entenda-se (mentiu aos leitores), nas previsoes da sexta feira, prevendo Bolsonaro com 31% ou seja aprox. 36 milhoes e Bolsonaro teve aprox. 55 milhoes de votos. Para qualquer crianca que fez o primario sabe que o erro da Data Foice foi 19 milhoes a menos , dividido pelos 36 mihoes da previsao eles se " equivocaram " somente em 47% . Voce chama isso de empresa séria ??? Ocorre a alguem crer nessas empresas midiaticas compradas sempre pelo melhor postor?? Sera que 19.000.000 de eleitores sairam no sábado contrarios ao Bolsonaro , e depois de comer uma pizza , acordaram amando o e mudaram o voto ¡!!?? Por favor , isso e estoria para boi dormir!!! A Foice de Sao Paulo segue nos chamando de imbecis ¡!! Pesquisa da midia brasileira !!!!!!!! ??????bahhhh como diría o gaucho!!! Isso e uma verdadeira piada ¡!!!!! Se o Data Foice & CIA fazem pesquisas serias eu sou Papai Noel, minha esposa e a Chapeuzinho Vermelho e as minhas filhas os Coelhinhos da Pascoa!! Por favor ¡!!! Sem magoa ¡!!!

      3
    • DALZIR VITORIAUBERLÂNDIA - MG

      Pois e...você virou papai noel..suas netas chapeuzinho vermelho.. Abra sua cabeca e ande em todas as classes sociais e escute...você vai ver que as pesquisas pegaram o crescimento do borsanada antes do primeiro turno...depois do primeiro turno e a poucos dias começou a inverter...motivo..as trapalhadas do borsanada e seus mais próximos...fuga do debate... Etc...vai chegar no dia uma diferença de 10 %...já foi quase 20..aguardemos..

      10
    • ARLINDO PONTREMOLEZ VARALTAIBIRAREMA - SP

      Estimado Dalzir .. Nao preciso andar por todas as classes sociais para entender de curvas de crescimento de Bolsonaro... usando as probabilidades, um pouquinho de matematica para chegar a essa conclusão.., assim como para entender de economia nao necessito visitar os supermercados de todo o pais!! Se vc estudar um pouquinho de tendencia e equacoes e curvas de crescimento vai entender o que estou falando . Impossivel matematicamente falando mudar 19 milhoes de votos da sexta-feira a noite para o domingo. Caso vc nao tenha conhecimento nessa area fica dificil discutir esse assunto. Só os Petralhas conseguem mudar os conceitos matematicos com o genio que esta guardado em Curitiba! Abracos

      0
    • DALZIR VITORIAUBERLÂNDIA - MG

      Caro Arlindo..não precisa ir todos supermercados e bodegas do pais..mas sim um pouco de matemática aplicada a estatística junto a sensibilidade de ouvir que conforme escrevi o borsanada derreteu 10% em 9 dias...portanto esperemos ate a noite pra confirmar...

      0
    • DALZIR VITORIAUBERLÂNDIA - MG

      Bom dia Arlindo..e ai as pesquisas acertaram???o homi derreteu em 10 dias 10% ????fala papai noel...ou vai brincar de chapeuzinho vermelho...

      1