Veja os resultados de pesquisas ao governo de 7 Estados (Ibope/Estadão)

Publicado em 27/10/2018 16:44 e atualizado em 28/10/2018 22:56
521 exibições

Cerca de 92 milhões de eleitores devem voltar às urnas no domingo, 28, para escolher os governadores de 14 unidades da Federação. As eleições para o governo foram para o segundo turno em Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Amapá, Rondônia, Rio Grande do Norte, Amazonas, Pará, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, Roraima e também no Distrito Federal. 

O Ibope divulgou na noite desta sexta-feira, 26, pesquisas de intenção de voto para sete governos estaduais ao redor do Brasil. A margem de erro de todas as pesquisas é de três pontos porcentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95% e todos os levantamentos foram realizados entre 24, 25 e 26 de outubro. 

Confira a lista abaixo. 

Amapá

No Estado, João Capiberibe (PSB) apareceu com 53% votos válidos, enquanto Waldez Góes (PDT) registrou 47% dos votos válidos. Os dois estão empatados tecnicamente. Nos votos totais, Capiberibe tem 48% e Waldez, 42%. Os votos brancos e nulos seguem em 8%. Os que não sabem ou não responderam continuam com 2%.

A pesquisa, encomendada pela Rede Amazônica, entrevistou 812 pessoas entre 24, 25 e 26 de outubro. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR-00570/2018. 

Rondônia

Em Rondônia, Coronel Marcos Rocha (PSL) teve 63% das intenções de votos válidos, contra 37% de Expedito Junior (PSDB). Nos votos totais, o militar tem 56% e seu adversário, 33%. Os eleitores que optam por votos brancos e nulos somaram 6% e os indecisos, 4%. 

A pesquisa foi encomendada pela Rede Amazônica, foi feita entre 24, 25 e 26 de outubro e ouviu 812 eleitores. O registro no TSE é o BR-06885/2018 e no TRE é o RO-07727/2018.

Amazonas

No Amazonas, Wilson Lima (PSC) lidera com 64% dos votos válidos, enquanto Amazonino Mendes (PDT), que é o atual governador, tem 36%. Nos votos totais, o candidato do PSC foi de 63% para 60%. O pedetista se mantém com 34%. Os votos brancos e nulos saíram representam 4%. Os que não sabem ou não responderam são 2%.

A pesquisa foi encomendada pela Rede Amazônica e ouviu 812 pessoas entre 24, 25 e 26 de outubro. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o código BR-08888/2018. 

Urna eletronicaBrasileiros decidem governadores em 13 Estados e no DF no domingo Foto: Filipe Araújo/Estadão

Mato Grosso do Sul

A pesquisa para a disputa do segundo turno para o governo de Mato Grosso do Sul mostra que Reinaldo Azambuja (PSDB) lidera com 51% dos votos válidos. Juiz Odilon (PDT) aparece com 49%. Os números configuram empate técnico, já que a margem de erro é de três pontos porcentuais, para mais ou para menos.  

A pesquisa foi encomendada pela TV Morena e entrevistou 812 pessoas entre 25 e 26 de outubro. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-07190/2018. 

Roraima

Em Roraima, Antonio Denarium (PSL) lidera com 54% dos votos válidos, seguido por José de Anchieta (PSDB), com 46%. Nos votos totais, o candidato do PSL caiu de 58% para 50%. Em relação ao último levantamento, o tucano subiu de 36% para 43%. Os votos brancos e nulos saíram de 2% para 4%. Os que não sabem ou não responderam continuam em 3%. A pesquisa, encomendada pela Rede Amazônica, entrevistou 812 pessoas entre 24 e 26 de outubro. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o código BR-04787/2018. 

Rio Grande do Norte

Fátima Bezerra (PT) tem 55% dos votos válidos contra 45% de Carlos Eduardo (PDT) na disputa pelo governo do Rio Grande do Norte. A petista está em movimento de ascensão nas pesquisas. O Ibope ouviu 812 pessoas em 38 cidades do Estado. Considerando-se os votos totais, a petista chega a 52%, contra 42% do adversário. Brancos e nulos somam 4% e indecisos, 3%.

A pesquisa foi encomendada pela Inter TV Costa Branca e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-05542/2018. 

Santa Catarina

Em Santa Catarina, Comandante Moisés (PSL) aparece na liderança, com 59%. Gelson Merísio (PSD) tem 41%. Nos votos totais, o candidato do PSL foi de 51% para 52%, enquanto o candidato do PSD saiu de 35% para 36%. Os votos brancos e nulos continuam com 9%. Os que não sabem ou não responderam oscilaram de 6% para 3%.

A pesquisa foi encomendada pela NC Comunicações e entrevistou 1.008 pessoas. As entrevistas foram feitas entre 24, 25 e 26 de outubro. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o código BR-05948/2018. 

Fonte: Estadão

Nenhum comentário