Governo Bolsonaro terá que aprovar duas reformas da Previdência se nada for votado este ano, diz fonte

Publicado em 13/11/2018 15:55
37 exibições

LOGO REUTERS

BRASÍLIA (Reuters) - O governo do presidente eleito Jair Bolsonaro terá que fazer duas reformas da Previdência, uma do modelo atual e outra para implantar um novo regime, caso nada seja aprovado para alterar o sistema previdenciário ainda este ano, disse nesta quinta-feira uma fonte da equipe de transição.

Segundo a fonte, um novo projeto de reforma terá que ser apresentado ao Congresso com as duas mudanças, e separar a assistência social da Previdência será a primeira providência a ser tomada pelo futuro governo.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)

Fonte: Reuters

Nenhum comentário