Índices chineses fecham em mínimas de 2 meses após novo instrumento de empréstimo afetar bancos

Publicado em 20/12/2018 07:56
20 exibições

LOGO REUTERS

XANGAI (Reuters) - Os principais índices acionários da China fecharam em queda nesta quinta-feira, depois que o banco central do país anunciou um novo instrumento de empréstimo, em meio à elevação dos juros pelo Federal Reserve e à manutenção de perspectivas de mais aumentos no próximo ano nos Estados Unidos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,77 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,52 por cento.

Analistas esperam que o novo instrumento de empréstimo de médio prazo reduza a possibilidade de um corte nos compulsórios este ano, o que reduziria a quantidade de dinheiro que os bancos devem manter como reserva.

O subíndice do setor financeiro recuou 1,12 por cento, o de consumo básico teve queda de 0,21 por cento, o setor imobiliário caiu 0,23 por cento, enquanto o subíndice de saúde recuou 1,28 por cento.

Na quarta-feira, o banco central da China anunciou um instrumento para estimular os empréstimos a pequenas empresas e companhias privadas, o que, segundo alguns analistas, foi efetivamente um corte de juros direcionado. O instrumento é o mais recente passo do Banco do Povo da China para apoiar uma economia em desaceleração em meio a uma disputa comercial com os Estados Unidos.

Mas alguns analistas expressaram dúvidas sobre a eficácia da medida.

"O instrumento poderia impulsionar o sentimento do mercado, mas está longe de ser suficiente para deter a desaceleração do crescimento. Tendo desacelerado nos últimos quatro trimestres, a economia chinesa está apenas na metade do atual ciclo de queda", disseram Larry Hu e Irene Wu, economistas do Macquarie em uma nota.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 2,84 por cento, a 20.392 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,94 por cento, a 25.623 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,52 por cento, a 2.536 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,77 por cento, a 3.067 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,90 por cento, a 2.060 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 1,11 por cento, a 9.674 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,26 por cento, a 3.050 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 1,34 por cento, a 5.505 pontos.

Fonte: Reuters

Nenhum comentário