China acena com estímulos à economia e anima mercados. Dólar sobe no BR

Publicado em 15/01/2019 10:08 e atualizado em 15/01/2019 11:59
264 exibições
Mas há monitoramento em relação à decisão do Parlamento britânico sobre a permanência ou não do Reino Unido na União Europeia

LOGO nalogo

Os ativos de risco no mundo e no Brasil estão surfando positivamente na onda chinesa, com Pequim anunciando ações para reanimar sua economia. A onda de bom humor, contrastando com as últimas rodadas de informações preocupantes da China que mostravam uma desaceleração econômica nos níveis de 2008, está trazendo para cima as bolsas de valores mundiais e os mercados de derivativos.

O barril do petróleo, em Londres, também vai de alta nesta manhã brasileira de terça (15) e por volta das 10h15 tentava encostar nos US$ 60, em +0,69%.

A despeito da delicada situação no Reino Unido, quanto ao Brexit,- Theresa May, primeira-ministra, pode perder para os deputados a disputa pela saída da UE -, os mercados olham a redução de impostos, aumento das despesas em infraestrutura e mais crédito às pequenas empresas anunciadas pelo governo de Xi Jinping.

No Brasil, dólar (mais 0,32%, a R$ 3,711) sobe e o Ibovespa, que ontem ignorou o mau humor mundial, ganha reforço na conjuntura mundial e tem espaço para novos recordes, quando na sessão da véspera superou os 94 mil pontos.

A Previdência  brasileira e sua reforma pode trazer novidades em mais uma rodada de reunião ministerial em Brasília.

Por Giovanni Lorenzon
Fonte Notícias Agrícolas

Nenhum comentário