Exclusivo - O Antagonista : Motorista diz que Palocci saiu do Safra com maleta cheia e depois foi a Lula

Publicado em 22/01/2019 12:31 e atualizado em 22/01/2019 16:55
755 exibições
Palocci contou que entregava propina a Lula em caixas da bebida

Em seu depoimento à Polícia Federal, o motorista Carlos Alberto Pocente descreve a rotina de encontros de Antonio Palocci e seu operador Branislav Kontic.

Ele menciona ocasião em que Palocci foi almoçar no banco Safra, entrou com sua maleta vazia e saiu de lá com ela “claramente cheia”. Depois, passou no Instituto Lula.

Pocente confirma entrega de uma caixa de uísque a Lula no aeroporto de Congonhas. E ressalta que o ex-ministro estava com “bastante pressa”. Em sua delação, Palocci contou que entregava propina a Lula em caixas da bebida.

Depoimento motorista Palocci

 

A pedido de Palocci, motorista recebia empresários na garagem

Em outro trecho de seu depoimento à Polícia Federal, o motorista Carlos Pocente disse que, a pedido de Antonio Palocci, “tinha o costume de receber pessoas na garagem dos edifícios em que se localizavam suas consultorias”.

Ele recebeu, por exemplo, “as seguintes pessoas para Palocci: Abilio Diniz, Marcelo Odebrecht, Otávio Azevedo, João Vaccari, Léo Pinheiro.”

Dos citados por Pocente, só Abilio não foi preso, embora tenha sido indiciado no âmbito das investigações da Carne Fraca. Os demais foram presos na Lava Jato.

Questionado pela PF, o motorista disse não se recordar se chegou a receber André Esteves na garagem, embora tenha dito que o ex-ministro tinha encontros noturnos com o banqueiro em sua residência.

depoimento motorista Palocci

 

Leia mais sobre o tema no site de  O Antagonista

Fonte: O Antagonista

Nenhum comentário