Presidente em exercício descartou fechamento da Embaixada da Palestina

Publicado em 23/01/2019 16:00
34 exibições

O presidente em exercício, general Hamilton Mourão, descartou hoje (23) a possibilidade de o Brasil fechar a Embaixada da Palestina. Segundo ele, a hipótese é uma “ilação” e “retórica”, sem corresponder com a realidade. Para ele, não houve alterações desde 1947, quando foram estabelecidos dois Estados – de Israel e da Palestina.

Perguntado sobre o fechamento da Embaixada da Palestina, Mourão respondeu que “os dois estados são reconhecidos. O resto tudo é retórica e ilação”.

O conflito entre palestinos e israelenses envolve, sobretudo, disputas territoriais. Israelenses não reconhecem a Palestina como um Estado político e diplomático independente nos territórios da Cisjordânia e da Faixa de Gaza.

Edição: Fábio Massalli
 Tags: PRESIDENTE EM EXERCÍCIOGENERAL HAMILTON MOURÃOEMBAIXADA DA PALESTINAPALESTINAISRAEL

DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Fonte: Reuters

Nenhum comentário