No Estadão: Brasil rejeita proposta de mediação na crise venezuelana

Publicado em 25/01/2019 10:22
107 exibições
Ao 'Estado', chanceler Ernesto Araújo indicou que governo considera que o momento para novo processo diplomático proposto por Uruguai e México já não faria mais sentido

DAVOS, SUÍÇA - O governo brasileiro rejeita a possibilidade de uma mediação por parte de México e Uruguai na crise venezuelana. “Já passamos desse capítulo” declarou na manhã desta sexta-feira, 25, o chanceler Ernesto Araújo, que ainda está em Davos para reuniões com governos estrangeiros.

Na quinta-feira, Nicolás Maduro acenou que estava disposto a aceitar uma oferta de mediação feita pelos governos de Andrés Manuel López Obrador e Tabaré Vázquez. Os dois países, governados pela esquerda, não reconheceram o presidente da Assembleia Nacional, Juan Guaidó como presidente interino, mas trabalham por uma transição pacífica no comando do país.

Leia a notícia na íntegra no site do Estadão

Fonte Estadão

Nenhum comentário