Com tiros, agentes executam animais na lama de Brumadinho

Publicado em 29/01/2019 08:27
199 exibições

BRUMADINHO (MG) - Os helicópteros que cortavam o céu de Brumadinho na tarde desta segunda-feira, 28, não estavam ocupados apenas em apoiar a retirada de corpos dos escombros e da lama, ou encontrar sobreviventes em meio à destruição. Ao menos uma das aeronaves tinha a missão de executar, com tiros, animais ilhados, presos na lama ou feridos. 

Eram 14h37. Um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal (PRF) fazia voos rasantes em uma área devastada do Córrego do Feijão, numa região isolada e mais próxima da barragem de rejeitos. Um agente armado com fuzil mirava, de dentro do helicóptero, locais onde enxergava animais na lama. E disparava. 

Leia a notícia na íntegra no site do Estadão.

Fonte Estadão

Nenhum comentário