Onyx diz que governo é apenas espectador nas eleições no Congresso nesta sexta-feira

Publicado em 01/02/2019 14:33
20 exibições

LOGO REUTERS

BRASÍLIA (Reuters) - O deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), que deixou temporariamente o cargo de ministro da Casa Civil para tomar posse de seu mandato parlamentar nesta sexta-feira, reiterou que o governo do presidente Jair Bolsonaro não está interferindo nas eleições para as presidências da Câmara e do Senado, sendo apenas um espectador do processo.

"Do ponto de vista das eleições de hoje, cabe ao governo ser um espectador dessas eleições, porque a decisão é de quem foi escolhido pela sociedade para fazer essa decisão", disse Onyx a jornalistas, referindo-se aos parlamentares.

Onyx tem sido criticado por parlamentares aliados a candidatos na disputa que o acusam de estar tentando interferir no processo, especialmente no Senado, onde estaria buscando emplacar a candidatura do companheiro de partido Davi Alcolumbre (AP), contra o nome do MDB, escolhido na noite de quinta-feira, Renan Calheiros (AL).

Procurando mostrar indiferença sobre o resultado, Onyx reforçou que o governo Bolsonaro terá como marca o diálogo com o Congresso.

"Após a eleição, como representante do governo que vai dialogar com as duas Casas, eu vou dialogar com quem os deputados e senadores escolherem", disse.

Onyx disse ainda que a definição da reforma da Previdência está na reta final e reafirmou que a decisão final sobre qual proposta será apresentada ao Congresso caberá a Bolsonaro.

"A reforma da Previdência, o presidente Jair Bolsonaro já tem as linhas", disse. "Ainda hoje eu converso com algumas pessoas da equipe do professor Paulo Guedes, na próxima semana, quando o presidente retornar, vão ser retomadas as conversas com ele, porque a definição é dele."

(Reportagem de Ricardo Brito)

Fonte Reuters

Nenhum comentário