Ministro diz esperar que Rússia e China vejam a realidade na Venezuela

Publicado em 01/02/2019 17:27
58 exibições

LOGO REUTERS

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, disse nesta sexta-feira esperar que Rússia e China, principais aliados internacionais da Venezuela, vejam a realidade do país e que o Brasil está disposto a contribuir para isso.

Em longa entrevista no Itamaraty, Araújo atacou duramente o governo do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmando que o regime é fortemente ligado ao crime organizado, narcotráfico e terrorismo.

O Brasil, juntamente com os Estados Unidos e outros países, consideram o líder da oposição e autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, como presidente legítimo do país.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)

Fonte: Reuters

Nenhum comentário