Trump diz que irá declarar emergência na fronteira dos EUA com México

Publicado em 15/02/2019 14:24
24 exibições

LOGO REUTERS

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta sexta-feira que irá declarar uma emergência nacional na fronteira com o México, uma manobra que deve colocá-lo numa briga com democratas pelo que chamam de tentativa inconstitucional de financiar um muro sem aprovação do Congresso.

Trump havia exigido ao Congresso que incluísse dinheiro para o muro, uma de suas maiores promessas de campanha de 2016, em uma lei de financiamento que deverá sancionar ainda nesta sexta-feira ou sábado. Ela foi aprovada pelo Congresso no fim da quinta-feira sem a verba para o muro, uma derrota legislativa para ele.

Uma emergência nacional, se não for impedida por tribunais ou pelo Congresso, permitirá a Trump utilizar fundos que parlamentares tinham aprovado para outros propósitos, que não um muro na fronteira.

O governo identificou 8 bilhões de dólares em fundos que o presidente Trump poderá destinar para o pagamento do muro na fronteira com o México sob uma emergência nacional, disse uma importante autoridade da Casa Branca nesta sexta-feira.

Além dos 1,38 bilhão de dólares da lei de financiamento bipartidária, o governo usará fundos de outras partes do governo, incluindo o Departamento do Tesouro e da Defesa, disse o chefe de gabinete da Casa Branca, Mick Mulvaney, a repórteres.

A expectativa é que democratas se oponham à declaração de emergência nacional de Trump como uma tentativa inconstitucional de pagar pelo muro sem passar por aprovação do Congresso.

(Por Roberta Rampton e Steve Holland)

Fonte: Reuters

Nenhum comentário