Chineses não sabem o que EUA querem, diz secretário de organização de comércio

Publicado em 19/02/2019 08:10
155 exibições

Apesar da trégua na guerra comercial entre EUA e China e de o presidente Donald Trump ter afirmado que um acordo está próximo, há uma tendência protecionista global, diz John Denton, secretário-geral da Câmara Internacional do Comércio, principal organização privada do mundo a promover o comércio internacional. Para ele, a discussão atual para reformar a Organização Mundial do Comércio (OMC) vai além do tema protecionista e precisa atingir questões como a economia digital. “Se a OMC falhar (na reforma), sua relevância será desafiada.” A seguir, trechos da entrevista.

Trump anunciou estar próximo de um acordo com a China. A trégua na guerra comercial pode realmente estar caminhando para o fim da disputa?

Há uma suposição de que os EUA sabem exatamente o que querem. O que significa que os EUA têm uma visão clara de como agir. Mas uma das razões pelas quais olhamos para vários cenários é que não está clara a estratégia dos EUA. Os chineses não sabem o que exatamente é demandado deles. Sim, os EUA querem mudanças no regime que incapacita empresas americanas de investirem na China, mas também querem mudanças no modo como a China apoia estatais. Será que o alívio de barreiras comerciais será suficiente ou os EUA exigirão uma redefinição completa da propriedade intelectual? É difícil dizer se a guerra está realmente arrefecendo. O que podemos dizer é que a temperatura não está subindo.

Leia a entrevista na íntegra no site do Estadão.

Fonte: Estadão

Nenhum comentário