Onyx diz que áudios de Bolsonaro e Bebianno só importam a setores da imprensa

Publicado em 20/02/2019 12:46
48 exibições

LOGO REUTERS

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, minimizou nesta quarta-feira os efeitos sobre a tramitação da reforma da Previdência de áudios trocados entre o presidente Jair Bolsonaro e o ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência Gustavo Bebianno, divulgados na véspera.

"Eu estou falando da nova Previdência que é o que importa para os brasileiros, essa questão dos áudios importa para setores da imprensa brasileira", disse Onyx, após participar de fórum dos governadores, com a presença também do ministro da Economia, Paulo Guedes, e dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), entre outras autoridades.

Onyx admitiu que o texto da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência, entregue por Bolsonaro nesta quarta-feira ao Congresso, sofrerá ajustes e fez a avaliação de que os governadores dos Estados poderão contribuir com a tramitação da medida.

"É claro que nós vamos ter que fazer -e nós sabemos disso- ajustes no texto", disse Onyx a jornalistas.

"E, evidentemente, os governadores com as suas bancadas vão dar a sua contribuição para que o texto seja adequado, não apenas no plano federal, mas que possa também dar a sua contribuição para que os Estados brasileiros encontrarem seu equilíbrio", avaliou.

(Reportagem de Mateus Maia)

Fonte: Reuters

Nenhum comentário