Palocci reafirma que Lula negociou repasses a filho com montadoras

Publicado em 18/03/2019 14:31
172 exibições

O ex-ministro Antônio Palocci (Fazenda/Casa Civil/Governos Lula e Dilma) reafirmou em depoimento à Justiça Federal nesta segunda, 18, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva negociou com o lobista Mauro Marcondes Machado, do setor automobilístico, pagamentos a seu filho caçula, Luís Cláudio Lula da Silva, para a aprovação de uma Medida Provisória.

A negociação, disse Palocci, envolveu a atuação de Lula junto ao governo federal para evitar que a presidente Dilma Rousseff (PT) vetasse a emenda da MP 627 que previa a manutenção de benefícios para montadoras das regiões norte, Nordeste e centro-oeste. Segundo Palocci, a MP 627 foi a “campeã das propinas na história do Brasil” uma vez que teve em seu texto “vários contrabandos enxertados”.

Ainda segundo Palocci, o próprio Lula lhe informou que sua atuação resultaria no repasse de valores por parte de uma empresa de Mauro Marcondes para seu filho Luís Cláudio.

O ex-ministro prestou depoimento na manhã desta segunda-feira, 18, via teleconferência da Justiça Federal em São Paulo. A oitiva se deu no âmbito da ação penal da operação Zelotes em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é réu por suposto tráfico de influência na compra dos caças suecos da marca Grippen e na edição da MP 627.

Leia a notícia  na íntegra no site do Estadão

Fonte: Estadão

Nenhum comentário