Diretor da OMC diz não entender que Brasil abriu mão de status

Publicado em 22/03/2019 07:50
126 exibições

O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevêdo, disse nesta quarta-feira, 21, que não entendeu, pelo comunicado oficial da visita do Brasil ao governo americano, que o País tenha aberto mão do status de país emergente e, portanto, deixado de receber o tratamento especial conferido pela OMC a esse grupo. Essa teria sido uma exigência dos Estados Unidos para apoiar a candidatura do Brasil à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Segundo ele, o que o Brasil aceitou foi "abrir mão de usar alguns espaços daqui pra frente".

Destacou, no entanto, que os detalhes do acordo têm que ser respondidos pelo governo brasileiro. Ele defendeu uma aproximação do Brasil com a OCDE e destacou que a organização é importante não só por dar um selo de qualidade ao grupo que a integra, mas por ter o papel de definir a agenda mundial do comércio. 

Leia a notícia na íntegra no site do Globo Rural

Fonte: Globo Rural

Nenhum comentário