Guerra comercial EUA-China representa maior risco para estabilidade global, diz FMI

Publicado em 25/03/2019 10:15
95 exibições

LOGO REUTERS

Por Catarina Demony e Sergio Goncalves

LISBOA (Reuters) - A guerra comercial entre Estados Unidos e China representa o maior risco à estabilidade global e uma estabilização fiscal é necessária para responder aos choques econômicos na Europa, disse o primeiro vice-diretor-gerente do FMI, David Lipton, nesta segunda-feira.

"Obviamente, isso não é uma questão para a Europa apenas. Os Estados Unidos precisam colocar sua casa fiscal em ordem também. As tensões comerciais EUA-China apresentam o maior risco à estabilidade global", disse Lipton durante conferência em Lisboa.

A disputa comercial, que começou há cerca de oito meses, tem afetado o fluxo de bilhões de dólares em produtos entre as duas maiores economias do mundo.

Lipton disse acreditar que a capacidade de estabilização fiscal tem que estar no centro da redução de risco na Europa, descrevendo-a como crucial para "responder a choques macroeconômicos e melhorar o mix de política monetária e fiscal".

"Na sua ausência, a zona do euro continuará muito dependente da política monetária para estabilização e grande parte do fardo da resposta de crise cairá sobre países individualmente, com sua capacidade de responder dependendo do espaço fiscal de cada um."

Lipton disse que a saída planejada do Reino Unido da União Europeia também alimenta incerteza na Europa e em outros lugares.

Fonte: Reuters

Nenhum comentário