Só saúde e educação serão poupados de corte de R$ 30 bi do Orçamento

Publicado em 27/03/2019 10:48
29 exibições
Proposta da equipe econômica é fazer um bloqueio de 21% nos gastos dos demais ministérios, o que levaria as despesas para cerca de R$ 90 bi, o menor valor da série histórica; técnicos apontam que corte pode comprometer funcionamento de áreas do governo

Apenas os ministérios da Saúde e Educação serão poupados do corte de R$ 30 bilhões do Orçamento definido pelo Ministério da Economia. A proposta da área econômica é fazer um bloqueio praticamente linear de 21% nas despesas dos demais ministérios, o que pode afetar o funcionamento de áreas do governo.

Com a decisão, as despesas que não são obrigatórias ficarão em R$ 90 bilhões, nível considerado próximo do chamado “shutdown” da máquina pública, ou seja, de paralisia. O valor é o mais baixo da série histórica disponível, que começou em 2008.

Se o contingenciamento de R$ 30 bilhões permanecer por muito tempo ao longo deste ano, técnicos experientes do governo, ouvidos pelo Estado, avaliam que, em outubro, muitos ministros não terão mais dinheiro para tocar projetos. “Na toada atual, o sinal amarelo vira vermelho já, já”, alerta o diretor da Instituição Fiscal Independente (IFI) do Senado Federal, Felipe Salto, que faz o acompanhamento das contas públicas.

Leia a reportagem na íntegra, no Estadão.

Por: Adriana Fernandes e Idiana Tomazelli
Fonte: Estadão

Nenhum comentário