Onyx reconhece erros em relação com Congresso, mas rejeita derrota do governo em PEC do Orçamento

Publicado em 27/03/2019 15:30
59 exibições

LOGO REUTERS

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, reconheceu nesta quarta-feira que o governo cometeu erros na relação com o Congresso, mas disse que não vê a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que torna o Orçamento mais impositivo como uma derrota do governo.

“Temos humildade de reconhecer que houve erros aqui e ali na relação com o Congresso, e é isso que estamos tentando fazer, mas o governo tem demonstrado que quer o diálogo”, disse Onyx a jornalistas ao participar do Encontro Nacional da Confederação dos Conselhos de Pastores do Brasil.

O ministro disse que conversou com o presidente Jair Bolsonaro e que ninguém no governo está vendo como uma derrota a aprovação da PEC do Orçamento pela Câmara dos Deputados, na noite de terça-feira.

“Quanto mais o Orçamento puder ser compartilhado com o Parlamento, melhor”, afirmou. “O passo que foi dado ontem é um passo que o Executivo só pode respeitar”.

No Congresso, a aprovação da PEC que engessa ainda mais o Orçamento foi considerada como um recado ao governo pelas constantes crises de relacionamento.

O ministro disse ainda que o governo vai intensificar as conversas com líderes partidários, inclusive com o envolvimento do próprio presidente da República. Na semana que vem, ao voltar de viagem a Israel, Bolsonaro já tem marcados encontros com o presidente do PRB, Marcos Pereira, e com o presidente do DEM, ACM Neto.

(Por Lisandra Paraguassu)

Fonte: Reuters

Nenhum comentário